Por: Tiago Reis

Radar do Mercado: OiBR (OIBR3) divulga resultados do 1T20

A Oi registrou um prejuízo líquido de R$ 6,28 bilhões no primeiro trimestre deste ano, contra um lucro líquido de R$ 568 milhões no mesmo período de 2019.

A empresa ficou com a receita líquida total anualizada negativa em 7,4% na comparação com o período anterior correspondente.

A companhia aumentou a sua dívida líquida em R$ 8 bilhões na comparação com o 1T19, acumulando um total de R$ 18,1 bilhões. Se dividirmos essa dívida pelo Patrimônio Líquido – que hoje é de R$ 11,6 bilhões – chegaremos a uma relação Dívida Líquida/Patrimônio Líquido de 1,56 vezes.

Na mesma base de comparação, o EBITDA caiu 5,8%, para R$ 1,53 bilhão. Então, se dividirmos novamente R$ 18,1 bilhões de Dívida Líquida pelo EBITDA, teremos um múltiplo Dívida Líquida/EBITDA próximo de 11,8 vezes.

Planilha da Vida Financeira

Coloque suas finanças em ordem! Baixe gratuitamente nossa planilha e aprenda a planejar todas as etapas da sua vida financeira da melhor forma!

A companhia encerrou o trimestre com um caixa consolidado de R$ 6,310 bilhões, configurando um aumento de 174,4% em relação ao 4T19 e de 0,7% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

O aumento no caixa ocorreu, principalmente, em razão do recebimento das primeiras parcelas da venda da PT Ventures, no valor total de US$ 1 bilhão, dos quais US$ 841 milhões já haviam sido recebidos até o final do trimestre.

Tal venda estava de acordo com o previsto no plano estratégico da companhia. O recebimento, juntamente com o desembolso das debêntures, contribuiu para o fortalecimento do caixa, fundamental para viabilizar o nível de investimentos previstos em seu plano.

A companhia informou ainda que fez um aditamento ao seu processo de recuperação judicial, mas ele ainda precisa ser submetido à assembleia de credores. O objetivo é ganhar tempo para fazer uma reorganização e simplificação do Grupo Oi “de forma a assegurar maior flexibilidade e eficiência financeiras”.

Telegram Suno
Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

4 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Fernanda 17 de junho de 2020

    Notícia antiga já.. tem dias. ?

    Responder
  • 12afaels 17 de junho de 2020

    Vai decolar.

    Responder
  • Carlos André 17 de junho de 2020

    Será que OIBR3 ainda está no radar das operadoras Vivo e TIM ?

    Responder
  • PABLO 18 de junho de 2020

    DEPOIS QUE ELES VENDEREM A PARTE MÓVEL E QUITAR A DÍVIDA VAI EXPLODIR!!

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!