Por: Tiago Reis

Radar do Mercado: MRV (MRVE3) comunica sobre o primeiro fundo de investimento imobiliário residencial

A MRV Engenharia e Participações comunicou ao mercado e aos seus acionistas que, em 30/12/2019, foram iniciadas as negociações do LUGGO Fundo de Investimento Imobiliário – FII, cujo ticker de negociações na B3 é LUGG11.

A oferta do fundo atingiu a captação máxima de R$ 90 milhões, com quase 2.000 cadastros de investidores pessoa física.

Cabe destacar que esse é o primeiro fundo de investimento imobiliário residencial do Brasil, que conta com os quatro primeiros empreendimentos da Luggo, startup da MRV criada com o objetivo de trazer um novo conceito de moradia através de inovações tecnológicas e serviços.

A Luggo é uma empresa com foco no aluguel de imóveis, sem a necessidade de um fiador, com análise de crédito imediata e o processo feito totalmente online.

A assinatura do contrato é digital e a pessoa interessada pode ver o imóvel através de um tour virtual. Em alguns casos, todo o processo foi concluído em menos de 4 horas.

Após a construção do empreendimento e locação, os ativos são transferidos para o Luggo FII, e, a partir desse momento, a empresa segue como consultora.

Além disso, são oferecidos diversos serviços, alguns inéditos no mercado de locação de longo prazo, como o compartilhamento de carro (car sharing), lavanderia compartilhada, limpeza e locker.

Os empreendimentos também contam com espaços de uso comum, como coworking, academia e espaço kids.

Os atuais lançamentos já contam com internet de alta velocidade, armários planejados, box, cortinas e luminárias.

A Luggo tem como objetivo oferecer moradias acessíveis às classes B e C, com aluguel entre R$ 1.200 e R$ 2.000.

Na imagem abaixo é possível ver a evolução do preço médio de locação dos imóveis.

O empreendimento Cipreste atingiu 100% de ocupação em outubro de 2019 e permanece nesse patamar até o momento.

Alguns distratos já ocorreram, mas o processo de relocação aconteceu dentro do mesmo mês devido à criação de uma lista de interessados.

Já o empreendimento Luggo Ecoville, em Curitiba, está 80% locado e alguns apartamentos possuem “Kit Eletro”, onde a cozinha vem montada com fogão, geladeira, micro-ondas e depurador de ar com o valor já somado ao aluguel.

Outro ponto a destacar é que o mercado de aluguel residencial no Brasil terá um crescimento de 43% até 2040, segundo projeção da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A demanda do mercado de aluguel residencial está concentrada nas classes B e C, principalmente nas grandes cidades, onde o tempo e o custo de deslocamento influenciam na procura por moradia próxima ao trabalho e estudo.

 

Clique aqui e responda à nossa pesquisa de satisfação. Fazendo isso, você nos ajuda a trazer conteúdos cada vez melhores.

Telegram Suno
Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

2 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • marcos 2 de janeiro de 2020

    parabens a vcs da suno

    Responder
    • Suno Research 6 de janeiro de 2020

      Obrigado!

      Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!