IRBR3
Por: Tiago Reis

Radar do Mercado: IRB Brasil (IRBR3) comunica sobre investigação

Na sexta-feira (26/06), o IRB Brasil Resseguros informou que foi concluída a investigação independente realizada pela KPMG Assessores Ltda. e Felsberg Advogados em relação à divulgação de informações sobre a sua base acionária.

A investigação tinha como objetivo identificar os responsáveis por dar falsas informações sobre uma possível participação da Berkshire Hathaway na resseguradora. Com a conclusão do processo, a companhia identificou os autores e afirmou que o ato foi cometido em caráter irregular, fora de seus mandatos e de seus poderes regulares de gestão.

Além disso, no mesmo comunicado, a resseguradora detectou outras irregularidades por meio de apurações internas.

O primeiro ponto destacado foi a existência de irregularidades no pagamento de supostos bônus a ex-Diretor e outros colaboradores da companhia e suas controladas. O montante identificado chega a aproximadamente R$ 60 milhões.

Guia do Imposto de Renda para Investidores

Baixe gratuitamente o nosso guia e aprenda como declarar o Imposto de Renda dos seus investimentos de forma simples e prática!

Outro ponto destacado faz menção ao programa de recompra de ações da companhia. Foi verificado que, em fevereiro e março de 2020, 2,85 milhões de ações do IRB foram adquiridas além da quantidade autorizada pelo Conselho de Administração.

Com isso, a companhia ressaltou que “Os responsáveis primários já identificados por todas estas irregularidades apuradas não integram mais os quadros da Companhia.”

De acordo com o IRB, as conclusões das apurações indicadas foram apresentadas ao Ministério Público Federal, à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e à Superintendência de Seguros Privados – Susep.

Adicionalmente, a empresa destacou que vai colaborar com outras investigações e tomará as providências para “se ressarcir de todos os prejuízos que lhe foram causados por condutas irregulares cometidas pelos indivíduos envolvidos.”

Por fim, a companhia ressaltou que pretende atuar para aperfeiçoar os pontos de atenção identificados na investigação, assim como aprimorar seus mecanismos de compliance, integridade corporativa, governança e controles internos com base nos fatos apurados.

Telegram Suno
Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

5 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Gustavo 29 de junho de 2020

    Irregular tem som de fraude, que rima com roubo!

    Responder
  • Roberto Rodrigues 29 de junho de 2020

    Esse formato de comunicado é um velho conhecido do mundo corporativo. Os resultados práticos, como punições e ressarcimentos serão ações de médio e longo prazo. Isso depende de apetite da CVM e autoridades investigativas.

    Responder
    • Paulo 29 de junho de 2020

      Nao se pode deixar um cabrito tomar conta de uma horta, falta criterio para nomer Diretores e Conselheiros.

      Responder
  • Paulo 29 de junho de 2020

    Nao se pode deixar um cabrito tomar conta de uma horta, falta criterio para nomer Diretores e Conselheiros.

    Responder
  • 26.06 Em | Online Casino Tipps 31 de julho de 2020

    […] Radar do Mercado: IRB Brasil (IRBR3) comunica sobre investigação – Na sexta-feira (26/06), o IRB Brasil Resseguros informou que foi concluída a investigação independente realizada pela KPMG. […]

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Frame

NÃO VÁ EMBORA AINDA...

Inscreva-se e receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!