Por: Tiago Reis

Radar do mercado: Centauro (CNTO3) aumenta proposta à Netshoes

O Grupo SBF S.A. informou na noite de ontem (28), via Fato Relevante, que no dia 26 de maio, a companhia tomou conhecimento de um anúncio divulgado no website de relações com investidores da Netshoes.

Em tal anúncio, o board of directors (quadro de diretores) da Netshoes reafirmou sua recomendação de aprovação, pelos acionistas da transação com a Magazine Luiza S.A., em antecipação ao special shareholders meeting, encontro que será realizado no dia 30 de maio de 2019 para deliberar sobre as propostas de aquisição da Netshoes.

 

O board utilizou como justificativa o aumento do preço por ação a ser pago pelo Magazine Luiza aos acionistas da Netshoes, que havia sido elevado de US$ 2,00 para US$ 3,00, na noite do último domingo (após a oferta anterior da Centauro de US$ 2,80). Além disso, outro argumento foi de que a transação com o Magazine Luiza já havia sido aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), indicando que a transação irá ocorrer dentro de um prazo previsível.

Aprenda como analisar uma ação

Segundo o jornal Valor Econômico, advogados e ex-diretores do CADE apontam um período estimado de dois a quatro meses para uma eventual análise de proposta de aquisição da Netshoes pela Centauro. Além da revisão do CADE, uma potencial transação entre a Netshoes e o Grupo SBF, se acordada, envolveria convocação de uma assembleia de acionistas.

A Netshoes tem pressa na transação, e considera como um ponto bastante negativo a eventual demora na aprovação do CADE para a Centauro, devido à sua difícil situação financeira, na qual o caixa líquido da companhia registrava R$ 132 milhões negativos ao final de março.

Sendo assim, o Conselho de Administração se reuniu e deliberou, aprovando por unanimidade, o aditamento da proposta enviada para a Netshoes anteriormente, para majorar o preço por ação, passando de US$ 2,80 para US$ 3,50 por ação, perfazendo um volume financeiro total de aproximadamente US$ 108,7 milhões.

Valuation e precificação de ativos

Além disso, a companhia assegura à Netshoes determinadas condições comerciais complementares, garantindo celeridade à implementação e conclusão, no caso da proposta ser aceita pela Netshoes. Deste modo, a companhia propõe o aporte de recursos no valor de até R$ 70 milhões na Netshoes, imediatamente após a aprovação na special shareholders meeting da incorporação da Netshoes pela Centauro.

Foi proposto também um contrato de associação, por meio do qual a Centauro disponibilizará seus produtos na plataforma de vendas online da Netshoes, em linha com a legislação concorrencial e condições que serão oportunamente negociadas com o board of directors da Netshoes.

No mais, acreditamos que o setor de varejo não nos enche tanto os olhos, por causa de suas baixas margens e alta competitividade. Não obstante, há um forte cenário de incertezas que permeia tanto a Centauro, quanto o Magazine Luiza. Somando-se isto ao fato de que seus respectivos valuations não proporcionam, em nossa opinião, uma boa margem de segurança, preferimos nos manter afastados destes papéis.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

181 artigos
Ações

FIIs

48 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente