Por: Tiago Reis

Radar do Mercado: B3 (B3SA3) divulga destaques operacionais de fevereiro de 2019

A B3 S.A. veio ao mercado comunicar, no dia 13 de março, que os destaques operacionais de fevereiro de 2019 já estão disponíveis no site institucional e de relações com investidores da B3.

 

Entre os resultados, destacam-se o crescimento do ADTV (Average Daily Trading Volume – Volume médio de transações diárias) na ordem de 41.1% no ano de 2018 para o segmento Bovespa. O crescimento no 4T18, quando comparado ao 4T17 foi de 55.3%, sendo negociados R$ 15,7 bilhões.

No segmento BM&F, o crescimento anual do ADV também foi expressivo, atingindo a marca de 20,8%.

O aumento no segmento Bovespa foi causado, majoritariamente, pelo aumento do volume financeiro médio diário do mercado à vista e à termo. Em uma relação YOY, o mercado à vista em fevereiro de 2018 contou com crescimento de 30%. No mesmo período, o mercado a termo vivenciou crescimento de 35%.

Entre os destaques operacionais para fevereiro de 2019, um número se sobressai aos demais: o crescimento no número de investidores ativos. Em fevereiro de 2018, esse número não superava os 660.000. Em fevereiro de 2019, com crescimento de 44% YOY, o número de investidores ativos chegou a 942.117.

Tal crescimento se deve, majoritariamente, ao aumento do número de cadastros de pessoas físicas na B3. Em 2002, os cadastros não superavam 100.000 pessoas. Dezesseis anos depois, este número cresceu mais de 700%.

Com a crise econômica mundial em 2008 e a subsequente crise econômica brasileira, que culminou em queda do PIB por dois anos consecutivos (2015/2016) pela primeira vez na história do país (desde 1947, quando o indicador passou a ser utilizado), a bolsa de valores teve um período de estagnação no número de cadastros.

Recentemente, em meados de 2017, o início do reaquecimento econômico evidenciou muitas oportunidades de investimento no mercado de capitais, o que fez muitos investidores optarem pela renda variável.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

231 artigos
Ações

FIIs

39 artigos
FIIs

Clube Exclusivo Suno

Small Caps

Pequenas em capitlização, gigantes em potencial.

Conheça o Clube Suno Small Caps e receba recomendações das melhores Small Caps para você investir na Bolsa de Valores.