pro rata

O conceito de dividir uma parte inteira em partes menores de forma proporcional existe em várias áreas. Ele é conhecido como pro rata.

Pro rata é uma expressão de origem latina, cujo significado é “medido proporcionalmente”. A expressão é utilizada com muita frequência no cálculo de juros e dividendos, sempre que um valor precisa ser divido entre partes ou de acordo com o tempo.

O que é pro rata?

Pro rata é um termo referente a uma ou mais partes fixadas e calculadas de forma proporcional. Apesar de ser bastante utilizado em outras áreas, esse tipo de cálculo é muito utilizado nos cálculos de:

  • Finanças;
  • Economia;
  • Direito;
  • Contabilidade.

Nesse sentido, o significado de pro rata está ligado ao conceito de uma parte inteira que é calculada em frações iguais, como por exemplo dividendos, taxas de juros e seguros.

Tipos de pro rata

Geralmente, o pro rata é utilizado sob duas versões: o pro rata temporis e pro rata die.

Pro rata temporis

Pro rata temporis” é uma expressão latina que significa “proporcional ao tempo”.

Ela indica uma medição que leva em consideração certo período.

Por exemplo, para efetuar o pagamento de um salário mensal proporcional aos dias de trabalho, ou mensurar o prêmio de um seguro em um período inferior ao do contrato.

Pro rata die

Pro rata die”, por sua vez, possui sentido de “proporcional ao dia”.

O termo é utilizado para a cobrança de juros exprimida em valores diários, por exemplo 0,5% ao dia.

Juros pro rata: o que é e como calcular?

pro rata

Juros pro rata têm a função de definir o pagamento de juros quando se contrata um serviço, ou então quando se recebem juros em um investimento.

Nesse caso, o cálculo de juros pode ser realizado da seguinte maneira: o valor inteiro dividido pela proporção necessária.

Assim, temos como exemplo um investimento que paga juros anuais, em que o cálculo dos juros pode ser efetuado mensal ou semanalmente.

Outro exemplo de cálculo é um serviço que têm juros por atraso de pagamento equivalentes a 4% ao mês. Nesse caso, os juros são obtidos a partir da fórmula 5%/30 dias. O resultado consiste na porcentagem de juros ao dia.

Portanto, se um cliente efetua o pagamento 10 dias atrasado, deverá pagar o valor devido mais 10 vezes o equivalente aos juros de 1 dia.

Aplicação do pro rata em dividendos

O cálculo também é muito presente no cálculo da distribuição dos lucros de uma empresa com seus acionistas.

Esta divisão, que é pro rata (ou seja, proporcional ao número de ações de cada investidor) é conhecida como dividendos.

Por exemplo, considere a seguinte situação: o lucro em certo período é de R$ 1.000.000, sendo que a empresa possui um acionista A com 50%, um B com 40% e um C com 10%.

O resultado do cálculo seria o seguinte:

  • Acionista A recebe 50% de 1.000.000;
  • Acionista B recebe 40% de 1.000.000;
  • Acionista C recebe 10% de 1.000.000.

O pro rata é uma expressão presente diariamente na rotina do mercado financeiro. Quer saber mais sobre esses e outros conceitos de investimentos? Baixe agora o nosso ebook gratuito Como viver de Renda na Bolsa de Valores e conheça tudo sobre o funcionamento do mercado de renda variável.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.