Private Label
Por: Tiago Reis

Private label: entenda como as marcas privadas vem ganhando espaço no mercado

No mundo das marcas de consumo, atualmente, existe uma variedade de possibilidades. Como exemplos, temos os modelos de marcas white label e private label.

O Private Label, em português, equivale a “Marca Privada” ou “Marca Secreta”. Esse modelo tem sido utilizado cada vez mais frequentemente no mercado, como uma forma de cortar custos e aumentar as margens para os varejistas.

O que é Private Label?

Priavte Label, ou marca privada, é um tipo de produto deste tipo fabrica um produto e o vende no atacado para outra empresa. Dessa forma, a empresa varejista revende os produtos comprados com uma marca própria, um rótulo seu.

Sendo assim, os produtos de marca própria podem ser adquiridos exclusivamente pelos clientes da empresa de varejo que as vende. Exemplos destas empresas de varejo, como supermercados, que vendem uma variedade de produtos com marcas próprias.

Atualmente, os produtos private label no varejo podem ser encontrados em grande quantidade, visto que esse tipo de negócio vem se tornando cada vez mais frequente.

Contabilidade para Investidores

Vantagens de produtos private label

Algumas vantagens do Private Label, tanto para quem comercializa seus produtos no atacado para empresas varejistas quanto para quem revende, são:

  1. Não há necessidade de investir na divulgação da marca, pois isso será realizado pela empresa varejista que venderá o produto;
  2. Vender em grande volume, por preços de atacado;
  3. Ter seus produtos expostos em pontos de venda conhecidos;
  4. Possibilidade de atender a diferentes clientes, em variados segmentos.

Portanto, são significativas as vantagens, tanto para as empresas deste tipo, como para as que compram seus produtos. Tais compradoras varejistas revendem esses produtos como produtos de marca própria.

Contudo, para entender melhor como avaliar esses e outros aspectos no momento de comprar uma ação, confira gratuitamente o nosso minicurso sobre Valuation e Precificação de Ativos.

Exemplos de private label

Alguns exemplos de Private Label são o Pão de Açúcar, o qual possui uma marca própria chamada Qualitá que abarca uma variedade de produtos, como artigos descartáveis e alimentos. Além disso, a fábrica chinesa Foxconn, a maior fábrica de eletrônicos do mundo, também utiliza dessa prática para revender produtos para diversas marcas.

Entretanto, não é apenas em supermercados que é possível encontrar exemplos desse tipo de venda. Existem produtos de marca própria em outros setores como:

  • Moda;
  • Suplementos;
  • Tecnologia;
  • Alimentos;
  • Cartões de crédito.

Aprenda como analisar uma ação

A fabricante de eletrônicos Foxconn, por exemplo, produz para outras organizações do segmento de tecnologia, através de contratos, no mundo inteiro. Um de seus produtos mais conhecidos é o iPhone, da norte-americana Apple.

Vantagens do private label para os produtores

Vender produtos private label, no varejo, pode agregar alta lucratividade, se a venda ocorrer em grande quantidade de produtos a empresas com alto valor de mercado, por preço de atacado.

Sendo assim, uma empresa não tem a necessidade de realizar investimentos em marketing e divulgação. Ou seja, o seu único trabalho é imprimir os rótulos com a marca varejista.

Entretanto, uma empresa queira adotar o private label, deve contar com uma infraestrutura eficiente em termos de fornecedores. Desta forma, ela atenderá às necessidades de seus clientes adequadamente.

Portanto, private label é um tipo de organização que fabrica e vende produtos para outras empresas. Essas, por sua vez, estas colocam nos artigos comprados sua marca própria. Logo, a empresa fabricante apenas os envia prontos conforme a demanda dos clientes, que têm marca, mas não dispõem de parque industrial.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

202 artigos
Ações

FIIs

51 artigos
FIIs

Série Guia Suno

3 Livros pelo preço de 1

Aprenda tudo que você precisa saber para começar a investir com a série didática de livros Guia Suno