Acesso Rápido

    Saiba o que é e como funciona o pregão da bolsa de valores

    Saiba o que é e como funciona o pregão da bolsa de valores

    Os investidores da renda variável negociam as ações das principais companhias do Brasil durante o famoso pregão da bolsa de valores brasileira, a B3.

    Por isso, é fundamental entender o que é o pregão da bolsa de valores e como ele funciona é fundamental para qualquer investidor.

    O que é o pregão da bolsa?

    O pregão da bolsa de valores é o momento diário destinado para a execução e efetivação das ordens de compra e venda de ativos da bolsa de valores.

    Diferente de outros ativos, como os títulos públicos do tesouro, que podem ser negociados em outros momentos, a negociação de ações está restrita ao horário do pregão da bolsa.

    E-book: Comece a Investir na Bolsa

    Comece a investir! Saiba tudo que você precisa saber para dar os seus primeiros passos na Bolsa com o nosso Manual Gratuito do Investidor Iniciante!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    É preciso entender que é possível enviar ordens de compra ou vendas através de uma corretora de valores a qualquer momento.

    Entretanto, essa ordem só será executada no horário regulamentar que, neste caso, são os horários destinados ao pregão.

    Por exemplo, se um investidor mandou uma ordem de investimento em um sábado, a ação só será concretizada na segunda-feira, após a abertura do pregão.

    Quais os horários de funcionamento do pregão da bolsa?

    O pregão da bolsa acontece todos os dias úteis da semana, ou seja, todos os dias com exceções de sábados, domingos e alguns feriados.

    Durante esse período os investidores podem enviar ordens de compra de ações,  venda e cancelar antigas ordens que estão para ser executadas.

    Basicamente, é possível dividir o horário do pregão da bolsa em 3 principais etapas:

    • Pré-abertura;
    • Negociação;
    • Call de fechamento.

    Pré-abertura

    A pré-abertura, ou o leilão de pré-abertura, são os 15 minutos que antecedem a abertura oficial do mercado a vista e fracionário.

    Nesse período o sistema da bolsa registra as ordens de compras e vendas já executadas, mas não as executa.

    Uma particularidade interessante em relação ao momento de pré-abertura é que as ordens realizadas nesses momentos não podem ser canceladas, já que estas são utilizadas para a formação do preço de abertura dos ativos.

    Negociações

    O período de negociações, evidentemente, é o momento em que as ordens podem ser devidamente executadas.

    As negociações, atualmente, têm início às 10 horas da manhã e fim as 16:55, com exceção das negociações de mercado a termo que vão até as 17:25.

    Call de fechamento

    Os últimos instantes do pregão da bolsa de valores são conhecidos como call de fechamento.

    O grande objetivo desse momento final do pregão é a manutenção da transparência dos ativos, seguindo as regras utilizadas pelo Sistema Eletrônico de Negociação.

    Pregão da bolsa de valores atualmente

    As bolsas de valores, como tudo no mundo, tiveram que se adaptar ao logo do tempo as inovações tecnológicas e digitais.

    Antigamente, a maneira mais comum de se negociar ações era através do pregão viva voz, onde o investidor tinha que ligar e/ou registrar manualmente os seus lances e seus respectivos horários.

    É evidente que essa forma de se realizar os pregões era muito mais trabalhosa e menos eficiente.

    Atualmente, a forma mais comum de se negociar é através do pregão digital, implantado no Brasil desde 1997, onde os investidores executam suas ordens de investimentos através dos seus próprios home brokers.

    O pregão da bolsa mais atual é, com certeza, muito mais eficiente e democrático para os investidores.

    Esse artigo te ajudou a entender o que é o pregão da bolsa? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *