Por: Tiago Reis

PMRE: o que é o indicador de Prazo Médio de Renovação de Estoques?

O Prazo Médio de Renovação de Estoques ou PMRE é uma das ferramentas empregadas na gestão de estoque. Assim o entendimento sobre a rotatividade dos estoques, terá o objetivo de melhorar o desempenho do caixa nas empresas.

O indicador PMRE está conexo com áreas de estudo da: administração de materiais, administração de estoques, giro de estoques, ciclo econômico e administração de custos de produtos e vendas.

O que é PMRE?

O PMRE é a sigla para Prazo Médio de Renovação de Estoques. Ou seja, tempo médio que a empresa estocará suas mercadorias. Sendo na indústria, tempo para produzir e estocagem.

Se os indicadores de atividade PMRE e PMRV se juntarem, é possível calcular o chamado ciclo operacional. No caso, esse indicador também entendido como tempo corrido entre o processo de compra e recebimento do produto.

Quais os tipos de estoque calculados pelo PMRE?

Os tipos de estoque mais comuns a serem calculados pelo PMRE são:

  • Insumos;
  • Embalagem;
  • Matéria-prima;
  • Materiais para atividades indiretas na produção.

Para o setor comercial os mais comuns são: embalagem e mercadoria para vender. E no setor de prestação de serviços são: embalagens e peças para reposição.

Contabilidade para Investidores

Qual a fórmula do PMRE?

Um das fórmulas utilizadas para calcular PMRE é:

  • PMRE = Estoques x 360 (*Período) = Dias para renovação de estoque

É importante ressaltar que o resultado do cálculo do prazo médio de renovação de estoques é representado em dias.  Por isso a variável período inclusa na fórmula é levantada através do Demonstrativo de Resultados (DRE), junto com o balanço anual da empresa. A fórmula poderá ser ajustada se o balanço obtido for trimestral.

Por isso para balanços trimestrais, os valores dos estoques serão multiplicados por 90 dias, ao invés de 360 dias, expresso na formula original, que considerá o balanço anual.

Outra fórmula para calcular o PMRE é a seguinte:

  • PMRE = Estoque médio / CVM x Dias do período

Sendo que:

  • Estoque médio = Estoque Inicial subtraído pelo Estoque Final divido por 2
  • CVM = Custo das mercadorias vendidas
  • Dias por períodos = o período mais frequente é de 360 dias (avaliação de 1 ano do balanço da empresa)

Exemplo de utilização do PMRE

Em um exemplo hipotéticos faremos o cálculo do estoque médio no período de 360 dias. Sendo os valores utilizados serão de:

  • CMV = R$ 5.000,00
  • Estoque médio = R$ 1.500,00

Com os valores das variáveis aplicadas na fórmula ficaria:

  • PMRE = 1.500,00/5.000,00 x 360 = 108 dias

O resultado para renovação dos estoque deste exemplo seria de 108 dias.

É importante considerar que os volumes dos estoques da empresa são entrelaçados com os volumes das vendas e a política da empresa para estocagem. Sendo assim, quanto maior o número de vendas de mercadorias, maior será o giro do estoque.

Dessa forma, a administração de estoques desejada é para baixos níveis de estoque, que consigam giro rápido. Ou seja, que demore poucos dias para a renovação do estoque.

Aprenda como analisar uma ação

A quantidade de estoque é vista como a representação do potencial da empresa em transformar seus produtos em dinheiro. Por isso, essa imagem será interpretada e avaliada por investidores e financiadores de um negócio.

Por fim o resultado, final da PMRE demonstrará o prazo médio para do giro dos estoques. Ou seja, quantos dias até a renovação do estoque final para o estoque inicial. Outro conhecimento importante sobre empresas está no nosso minicurso sobre Valuation e Precificação de Ativos. Logo, se o seu objetivo é aprender mais sobre o tema, acesse já o material.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

203 artigos
Ações

FIIs

52 artigos
FIIs

Minicurso Gratuito

Contabilidade Para investidores

Os principais conceitos sobre contabilidade que todo investidor precisa saber!