Por: Tiago Reis

PMPC: entenda o que é Prazo Médio de Pagamento das Compras

Toda boa empresa precisa traçar estratégias para gerir os seus recursos financeiros e todas as outras variáveis contábeis. Dentro da gestão de compras, o PMPC é um dos principais indicadores para atividades e estratégias nesse setor.

Será o PMPC, por exemplo, que apoiará outras técnicas da gestão e melhorará medidas como otimizar investimentos, gerenciar orçamentos e analisar as tomadas de decisões sobre as compras.

O que é PMPC ?

PMPC é a sigla para Prazo Médio de Pagamento das Compras. É um dos indicadores de atividade responsável por calcular em quantos dias a empresa pagará suas aquisições ou dívidas.

Ou seja, o cálculo do PMPC é importante para estabelecer a média de dias de pagamento aos fornecedores. Ou quanto tempo um fornecedor deverá esperar a remuneração por parte da empresa, para liquidar duplicatas, por exemplo.

Como calcular o PMPC?

Para calcular PMPC, a base dos valores será dada pelo resultado do CMV (Custo de Mercadoria Vendida). Assim, para encontrar o custo das mercadorias comercializadas e obter o valor de compras na fórmula do PMPC, o cálculo que precisa ser feito é:

  • CMV = estoque inicial + compras – estoque final

Ao se fazer um ajuste na fórmula e isolando a variável de compra, o cálculo ficará:

  • Compras = CMV – estoque inicial + estoque final

Quer entender mais de contabilidade? Faça o minicurso de contabilidade para investidores

Valuation e precificação de ativos

Já a fórmula do PMPC é:

  • PMPC = (Fornecedores / Compras) x 360

Para entender melhor o cálculo do PMPC, suponha a seguinte situação:

Em uma empresa, o CMV terá o valor de R$ 1.300,00, valores de estoque final serão de R$ 350,00 e, estoque inicial, R$ 200,00. O pagamento que empresa deve ao fornecedor é de R$ 322,00.

Ao descobrir os valores das variáveis e compras através do ajuste, o cálculo ficará:

Compras = 1.300 – 200 + 350 = R$ 1.450,00

Sendo:

PMPC = (322 : 1.450) x 360

Portanto, o PMPC será = 79,94, o que arrendondando corresponde a 80 dias.

Capital de giro e o prazo médio

Outro conceito importante para controle dos recursos oriundos de vendas é o de PMRPrazo Médio de Recebimento. Ele é considerado para saber se o empresário terá capital de giro. Caso este não exista, o caixa ficará negativo. Ou seja, existirá a necessidade de se recorrer a empréstimos.

O valor de giro é essencial para a empresa colocar em praticar suas operações e não faltar os recursos necessários. Portanto, no momento que o valor do caixa ficar positivo (superávit) – ou caixa estiver excedido – existirá a necessidade de inserir o capital em ativos ou aplicações financeiras.

A análise de prazo médio é feita junto ao gestor de compras. Este que deverá participar da estratégia de prazo de compra estabelecidas. O prazo médio de pagamentos de compra deve ser superior ao prazo médio de renovação de estoques, ou PMRE.

Com prazo médio de pagamento das compras superior ao prazo de renovação de estoque, a empresa consegue financiar suas vendas. Isso faz parte do ciclo operacional de investimentos.

5 amostras gratuitas para você conhecer a Suno!

Por fim, indicadores de médio prazo funcionam para ciclos operacionais e dentro dos ciclos de caixas. O indicador PMPC poderá analisar as estratégias da gestão comercial, como também avaliar seu sucesso ou fracasso dentro da empresa. 

Conseguiu entender melhor o que é PMPC? Caso tenha ficado alguma dúvida, escreva abaixo nos comentários.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs

Minicurso Gratuito

Contabilidade Para investidores

Os principais conceitos sobre contabilidade que todo investidor precisa saber!