Acesso Rápido

    PCLD: o que é a Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa?

    PCLD: o que é a Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa?

    As empresas utilizam uma série de estratégias para medir o lucro líquido e o patrimônio de um negócio. Além de descontar as despesas, custos operacionais, muitos negócios têm descontado as perdas com inadimplência, a PCLD.

    A PCLD, quando bem efetuada, pode ser uma importante ferramenta de contabilidade para um negócio.

    O que é a Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa (PCLD)

    Também conhecida como Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa, a PCLD é um indicador contábil que informa o valor que uma empresa pode perder com clientes inadimplentes. Isto é, como o próprio nome sugere, a PCLD é uma estimativa contábil do créditos do clientes que possuem um risco considerável de não serem quitados.

    Minicurso: Contabilidade para Investidores

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito e aprenda os principais conceitos de contabilidade para quem quer investir em empresas na Bolsa de Valores!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Para que serve a PCLD?

    Além de servir como uma previsão para futuras perdas, como quando um negócio vende a prazo, o PCLD também é uma importante ferramenta para calcular o patrimônio líquido. Além disso, as perdas podem deduzidas como despesas.

    Isto é, um negócio pode usar os valores não pagos por clientes para dedução de Imposto de Renda. Isso porque o Art. 9º que regula o IR possibilita que as perdas de pessoas jurídicas sejam descontadas.

    As deduções precisam obedecer pelo menos uma dos três critérios estabelecidos pela regulamentação do Imposto de Renda:

    1. Perda de até 5 mil reais, vencidas há pelo menos 6 meses.
    2. Perdas com valor superior a 5 mil reais e até 30 mil reais. Os valores precisam estar vencidos há pelo menos um ano.
    3. Valores maiores que de 30 mil reais e vencidos há mais de um ano. Neste caso, é necessário que se tenha começado uma cobrança judicial.

    Essas deduções ajudam na economia das empresas. Uma vez que não precisam pagar o imposto sobre valores que não receberam.

    Utilizando a PCLD na gestão do negócio

    Além de possibilitar a dedução do Imposto de Renda, a PCLD ainda é usada como uma estratégia para diminuir os riscos de um negócio.

    Isso porque muitos negócios usam da estratégia como uma ferramenta de contabilidade. Isto é, consideram nas vendas feitas uma porcentagem de inadimplência. Assim, conseguem projetar quais valores seriam mais próximos do lucro.

    Para isso, muitas empresas consideram as perdas dos últimos anos para determinar o valor não recebido. Por exemplo, se nos últimos dois anos o índice de inadimplência foi de 6%, um negócio projeta esse índice para futuras vendas.

    Assim, a empresa deixa de contar com esse dinheiro. Isto é, a PCLD é aplicada quando dificilmente vai se reaver ou se recuperar o valor de perda.

    Utilização da PCLD na liberação de crédito

    A Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa também é um fator utilizada por instituições financeiras e empresas para liberação de crédito.

    Por exemplo, um banco quando vai conceder um empréstimo, ele realiza uma analise dos riscos de perdas da empresa. Assim, o credor pode aumentar as taxas de juros de acordo com o histórico de inadimplência do solicitante.

    Desta forma, a empresa garante que as perdas possam ser menores. A provisão para devedores duvidosos pode causar menos prejuízos ao lucro líquido do negócio e ajuda no planejamento financeiro de uma empresa.

    Para se fazer o cálculo da PCLD é preciso levar o máximo de fatores de riscos de conhecimento de um negócio. Assim, será possível projetar um valor mais exato das perdas. Quer saber mais sobre contabilidade? Faça, gratuitamente, o minicurso online “Contabilidade para Investidores” da Suno.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *