Acesso Rápido

    Padrão de vida: entenda como adequar à sua realidade financeira

    Padrão de vida: entenda como adequar à sua realidade financeira

    É importante realizar a pergunta se o padrão de vida condiz com a realidade financeira de cada individuo. Entender essa questão é essencial para dispor de uma vida mais tranquila financeiramente.

    É comum pessoas terem diversos desejos e vontades. Mas, é importante procurar entender o padrão de vida que se adéqua a realidade de cada um para que isso não impacte na finanças pessoais.

    O que é padrão de vida?

    Padrão de vida é a quantidade e qualidade de serviços ou produtos disponíveis para uma determinada pessoa ou família. Em outras palavras, é a sua possibilidade de gastar de acordo com a renda que possui.

    Desse modo, podemos dizer que o padrão de vida de uma pessoa está diretamente relacionado à renda dela. Ou seja, quanto maior for a renda de um indivíduo, melhor será também a sua qualidade de vida.

    Planilha de Controle de Gastos

    Não perca o controle das suas finanças! Baixe nossa planilha gratuita de controle de gastos e organize melhor toda a sua vida financeira!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Por isso saber manter o padrão de vida de acordo com a renda é um verdadeiro desafio. E para ser alcançado é preciso bastante critério e disciplina.

    Quer aprender a controlar melhor as finanças? Baixe a planilha da Vida Financeira da Suno Research.

    Gastos necessários e supérfluos

    Para adequar o padrão de vida à realidade de cada individuo é preciso primeiramente entender o que são gastos necessários e o que são gastos supérfluos.

    Sendo assim, para conseguir saber distinguir esses dois custos é necessário compreender que os gastos necessários são aqueles extremamente essenciais as vidas. Basicamente podemos dizer que os gastos básicos são:

    • Alimentação;
    • Remédios;
    • Vestuário;
    • Moradia;
    • Locomoção;
    • Comunicação.

    Entretanto, note que dentro de cada um dos segmentos acima pode-se confundir o supérfluo com o necessário. Esse é o caso do vestuário, onde é possível adquirir uma roupa mais cara ou mais barata.

    O mesmo também ocorre nos outros campos, como a moradia por exemplo, onde também é possível morar em uma casa mais simples ou mais luxuosa. Todas essas questões irão interferir diretamente no orçamento.

    Por isso, saber distinguir quando um determinado produto ou serviço não é necessário, ajuda a melhorar o nosso bem-estar e automaticamente o orçamento familiar.

    Evitar compras a prazo que possam comprometer o orçamento

    Para ter um padrão de vida adequado à realidade é fundamental evitar as compras a prazo.

    Procurar viver dentro do orçamento é crucial. E isso consiste em gastar menos do que recebe. Caso precise fazer uma prestação é importante atentar-se se o valor da parcela poderá ser honrado mensalmente.

    Muitas vezes pessoas optam por realizar compras a prazo onde não se existe certeza de um recebimento futuro daquele dinheiro. Caso o pagamento não seja realizado, existe o risco do pagamento relevante de juros no futuro.

    Poupar uma parte dos seus ganhos mensalmente

    É importante determinar um valor do salário para investimentos. O ideal é que esse valor seja em torno de 20%.

    Além disso, é importante investir o dinheiro, inclusive em ativos de renda variável, e para isso não tem uma opção indicada é estudar e ampliar os conhecimentos.

    Foi possível saber mais sobre padrão de vida? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

     

    Gabriela Mosmann
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *