Overhead
Por: Tiago Reis

Overhead: veja como identificar os custos indiretos de uma empresa

Sem fazer uma boa administração, dificilmente uma empresa, seja ela qual for, conseguirá crescer. Por isso, os gestores precisam entender e administrar seus custos — principalmente aqueles custos chamados de “overhead”.

Nesse caso, o overhead não envolve apenas a precificação dos produtos, mas todo um universo de otimização de recursos.

O que são os custos overhead?

O overhead, mais conhecido como custos indiretos, é a parcela dos gastos da empresa que existe para a manutenção das suas atividades no mercado, sem estarem necessariamente atrelados à sua atividade-fim.

Este pode também ser conhecido como overhead cost.

Trata-se de um dos elementos mais importantes dentro da contabilidade de custos de uma empresa. Inclusive, é possível encontrar o overhead na Demonstração de Resultado de Exercício (DRE).

E-book Comece a Investir na Bolsa

Qual é a importância de se conhecer o overhead?

Para uma empresa crescer, não basta saber se durante o mês se ganhou mais do que gastou. É preciso conhecer seus gastos e ganhos a fundo. Inclusive para administrá-los melhor.

Afinal, como reduzir um gasto que eu nem sequer sei que está ocorrendo?

Ou como optar por ter uma frota própria de veículos à disposição da empresa se eu não sei o quanto gastaria em média com esta logística em aplicativos de táxi.

A questão é que conhecimento é poder, especialmente no mundo empresarial.

Como analisar um por um destes custos e despesas seria uma tarefa hercúlea, uma sugestão é dividi-los em dois grupos: custos diretos e custos indiretos.

Os custos diretos são os que fazem parte diretamente da produção ou prestação de serviços, que é a atividade-fim do negócio. São aqueles que, sem eles, o produto não existiria.

Já os custos indiretos, como vimos, são os gastos ocorridos na empresa, mas que não estão diretamente ligados à produção. Estes são gastos auxiliares.

Exemplos de Overhead

Os custos indiretos de uma empresa variação de acordo com o tipo de atividade que ela desenvolve.

Considerando uma empresa cuja atividade principal seja a fabricação de empadas, podemos considerar como exemplos de custos diretos:

  • Farinha;
  • Carne;
  • Manteiga;
  • Gás de cozinha;
  • Setor de qualidade;
  • Manutenção do maquinário.

Já os custos indiretos serão:

  • Transporte para a entrega do produto;
  • Gastos com limpeza geral;
  • Salário do pessoal de vendas;
  • Despesas do setor administrativo.

Estes custos são indiretos por não fazerem parte daquilo que está totalmente atrelado à atividade-fim da empresa.

Vamos a outra demonstração, desta vez, considerando uma empresa de serviços, um escritório de advocacia.

Neste casos, os custos diretos podem ser:

  • Mão-de-obra dos advogados;
  • Papel para impressão de processos;
  • Computadores;
  • Internet.

Já os custos indiretos são:

  • Limpeza;
  • Café;
  • Mão-de-obra da secretária;
  • Gastos com publicidade.

Esses são exemplos de overhead por não fazerem parte daquilo que está totalmente atrelado à atividade-fim da empresa.

Logo, há alguns tipos de overhead. Aquilo que, se eventualmente faltar, ainda pode haver produção.

Controle de gastos

Como analisar o overhead?

Ao descobrir seu gasto com os custos indiretos, a empresa poderá analisar formas de reduzi-los, se for o caso. Além disso, eles precisam ser rateados para compor o preço do produto ou serviço comercializado.

Afinal, o overhead também faz parte dos gastos no negócio, que devem ser menores do que os ganhos, para que não haja prejuízo.

Questões contábeis podem ser complexas. Por isso, a Suno Research oferece um minicurso de Contabilidade para investidores.

Assim, a compreensão do overhead ficaria mais fácil.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
accounting (1)

Minicurso Gratuito

Contabilidade Para investidores

Aprenda os principais conceitos sobre contabilidade que todo investidor precisa saber!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!