No mercado de opções, a opção de venda e opção de compra ainda geram dúvidas para muitos investidores.

Especificamente, a opção de compra é o que iremos abordar. Termine de ler este artigo e confira a suas características.

A opção de compra, também chamada de call option, é um contrato no qual o comprador tem o direito, mas não a obrigação, de comprar um ativo-objeto a um determinado preço e em uma determinada data. Isso porque as opções de ações são uma modalidade operacional no mercado de capitais em que não se negociam ativo-objeto, mas direitos sobre eles.

Neste contexto, existe o comprador (titular) e o vendedor (lançador) da opção de compra. Entenda abaixo as suas definições:

  • Comprador (titular) – Tem o direito, mais não a obrigação de exercer a operação comprada.
  • Vendedor (lançador) – tem a obrigação de vender o objeto a que se refere a opção.

Opção de compra

Utilizações das opções de compra

  • Para obtenção de maiores ganhos em relação ao mercado a vista;
  • Como uma forma alternativa para aquisição imediata do produto;
  • Para fixação do preço de uma futura aquisição do produto;
  • Para realização de caixa mediante contratação de financiamento no mercado financeiro;
  • Para realização de hedge para posições em ativos financeiros;

Exemplo de opções de compra

Diversas transações de nosso dia-a-dia utilizam os princípios de um contrato de opção de compra e venda.

Deste modo, imagine que um comprador queira adquirir uma casa no valor de R$100.000,00. Porém, ele só pode pagar daqui 30 dias e não quer perder a compra.

Diante disso, ele vai até o vendedor e fala assim: Eu te pago R$5.000,00 hoje para que você possa me vender essa casa por R$100.000,00 em 30 dias.

Isso é uma opção de compra, o titular paga um prêmio ao lançador para ele ter o direito de adquirir esse ativo-objeto em determinada data.

Quais são os 3 tipos básicos de opções que existem?

  1. Opção americana – opção que pode ser exercida em qualquer momento, até a data de vencimento.
  2. Opção europeia – opção que só pode ser exercida na data de vencimento.
  3. Opção asiática – opção cujo valor no vencimento não depende do preço do ativo-objeto nesse momento, mas da média de seus preços em determinado período de tempo.

Qual o objetivo de uma opção de compra (call option)?

Garantir que um investidor possa comprar determinado ativo no futuro pagando um valor pré-fixado, mesmo que este ativo se valorize no mercado.

O investidor compra um determinado ativo-objeto quando identifica um grande potencial de valorização.

Entretanto, um ativo-objeto pode ser de vários tipos, como, por exemplo, opções de compra de ações, as taxas de juros e as commodities.

Em síntese, no mercado de opções o titular tem sempre os direitos, e o lançador tem sempre as obrigações.

Além disso, as opções servem como excelente termômetro das expectativas dos investidores no mercado a vista.

Em linhas gerais, salientamos ainda algumas considerações importantes. Na opção de compra, o risco enfrentado pelos participantes é considerado alto. Porém, uma de suas principais características é a extrema volatilidade em que se trabalha.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.