Acesso Rápido

    Offshore: o que é e como funciona uma empresa offshore

    Offshore: o que é e como funciona uma empresa offshore

    Para fugir dos regimes tributários nacionais, como o Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido, muitos empresários brasileiros decidem investir e empreender offshore.

    Ao optar pelo offshore, empresas buscam por alternativas a sistemas tributários com alíquotas elevadas e repletos de burocracia.

    O que é Offshore?

    Offshore é o temo utilizado normalmente para indicar as empresas, contas bancárias e empreendimentos realizados fora do território de origem do proprietário.

    Por exemplo, um empresário brasileiro, incomodado com a alta carga tributária nacional, pode optar por empresas offshore, com localização em outro país com uma carga tributária mais atraente, no ponto de vista do empresário.

    Guia do Imposto de Renda para Investidores

    Baixe gratuitamente o nosso guia e aprenda como declarar o Imposto de Renda dos seus investimentos de forma simples e prática!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Muitos associam esse tipo de estratégia, necessariamente, a alguma atividade financeira ilegal.

    No entanto, essa ideia é falsa. As empresas e contas bancária offshore só são ilegais quando são utilizadas para lavagem de dinheiro, sonegação de imposto, entre outros crimes de perfil econômico-financeiro.

    Entendendo o que é offshore, é possível perceber como o conhecimento sobre impostos é fundamental. Quer saber de tudo que precisa sobre os tributos de renda no Brasil? Então baixe o Guia do Imposto de Renda para Investidores da Suno Research.

    Como funciona uma empresa offshore?

    Basicamente, apenas por estar localizada em um país de origem diferente dos proprietários por motivos de fuga de impostos, já é possível caracterizar a companhia como offshore.

    Contudo, as companhias e contas offshore estão, na grande maioria das vezes, localizadas nos famosos “paraísos fiscais“. Um lugar ou país é reconhecido como um paraíso fiscal quando as taxas e tributos são baixas ou nulas, atraindo fortemente o capital estrangeiro.

    Além disso, uma grande característica dos paraísos fiscais é a preservação dos verdadeiros beneficiários dos recursos das contas, assim como da origem do capital aplicado estrangeiramente.

    É justamente por esse sigilo permitido nessas localidades que existe uma tendência muito grande de direcionamento de “dinheiro sujo” para um paraíso fiscal.

    Tipos de empresas offshore

    Além dos casos de uso indevido de contas e empresas, existem diversas companhias e empresários que, ética e legalmente, utilizam desta estratégia.

    Por isso, válido conhecer alguns dos principais e mais frequentes tipos de empresas offshore.

    • Limited Liability Company (LLC);
    • International Business Company (IBC);
    • Trust.

    Limited Liability Company (LLC)

    As LLC é um enquadramento americano para empresas que possuem responsabilidade societária limitada e não exige um visto e nem residência no país para que possa ser aberta.

    Ou seja, empresários americanos que optam por esse enquadramento podem estender ou até migrar as atividades das suas companhias de forma completamente offshore.

    International Business Company (IBC)

    Uma International Business Company (IBC) é uma companhia de negócios internacionais, em uma tradução livre para o português.

    Assim, as IBC são empresas, com diretores, acionistas e capital social em âmbito internacional.

    As IBC podem optar por residir suas companhias em países com carga tributária e condições de negócios ideais.

    Trust Offshore

    No caso de um Trust Offshore, o grande objetivo é a terceirização da administração de bens e direitos de um indivíduo para o seu trustee.

    Assim, é possível que a gestão e manutenção dos recursos seja feita sobre uma nova jurisdição offshore.

    Esse artigo de ajudou a entender o que é offshore? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *