Por: Tiago Reis

Você sabe o que é uma franquia? Conheça as vantagens e desvantagens

Muitos já se perguntaram o que é uma franquia e quais são suas vantagens em relação ao modelo comum da abertura de um negócio.

Para saber o que é uma franquia é muito simples, pois uma franquia se trata de uma licença para a utilização de uma marca e/ou tecnologia de negócios na venda de determinados produtos ou serviços. No fechamento desses negócios é feito um contrato onde determinadas condições são firmadas.

Nesse ramo de negócios, quem está cedendo os direitos é chamado de franqueador e quem abre o negócio e adquire os direitos de utilização da marca é o franqueado.

Quase que de modo geral, as franquias nascem de empresas que já possuem um modelo de negócios consolidado e de sucesso, e é por isso que de modo a acelerar a expansão desse formato vencedor, o franqueador começa a expandir a sua organização por meio de franquias.

Principais custos e taxas ao abrir uma franquia

Toda empresa que possui franquia antes de firmar contrato com o franqueado, ela irá mostrar todos os custos e taxas obrigatórias que esse empreendedor terá que custear para aproveitar-se do modelo de negócios de um franqueador.

Essas taxas, por vezes, podem ser bastante caras, e é por isso que o franqueado deve estar bem atento antes de assinar esse contrato. Segue abaixo algumas dos principais custos que geralmente toda franquia possui:

  • Taxa de franquia: Valor pago inicialmente pago pelo franqueado para uso dos direitos especificados no contrato.
  • Royalties: percentual sobre o faturamento determinado no momento do contrato.
  • Taxas diversas: Algumas franquias podem estabelecer outras taxas adicionais, tais como taxas de propaganda. Dessa forma é preciso que o franqueado esteja bastante atento, principalmente nessas taxas adicionais cobradas pelos franqueadores.

Vantagens e desvantagens de ser um franqueado

As vantagens de ser um franqueado é que ele terá menos riscos de começar um negócio do zero, afinal de contas ele possuirá um modelo de negócios e uma marca já bastante consolidada e conhecida pelo publico geral, o que por si só, já atrai bastante a confiança dos seus clientes e traz uma vantagem competitiva em relação à concorrência.

No entanto, existem algumas desvantagens que devem ser levadas sempre em consideração. A principal delas, como já citamos, são as taxas e as participações no faturamento obtido pelo franqueador.

Além disso, outra desvantagem que somente será experimentada depois da abertura do negócio é a limitação imposta pelo contrato de franquia.

Isso acontece, por exemplo, quando um franqueado quer criar uma linha nova de produtos ou serviços, ou até mesmo mudar a decoração do estabelecimento e para isso ele terá que pedir a permissão ao franqueador, limitando qualquer tipo de iniciativa de um empreendedor que deseja melhorar as suas vendas.

Desse modo, observar no contrato quais são as limitações impostas por ele pode fazer toda a diferença para a sobrevivência de sua empresa. Isso acontece porque o modelo de franquia é bastante padronizado, o que limita a adequação do negócio às demandas locais onde cada franquia está estabelecida.

Por fim, gostaríamos de dizer que por mais vencedora e famosa seja a marca de um negócio, o que é uma franquia de sucesso se a organização não for gerida de forma responsável e cuidadosa? Toda companhia precisa do esforço e do bom discernimento do seu proprietário para que no longo prazo ela obtenha sucesso.

 

 

 

 

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

209 artigos
Ações

FIIs

53 artigos
FIIs

eBook Gratuito

Manual do Investidor

Tudo o que você precisa para dar os primeiros passos na Bolsa de Valores

CORONAVÍRUS, PETRÓLEO, ECONOMIA E INVESTIMENTOS. VOCÊ JÁ SABE O QUE FAZER?​