ConhecimentoInvestimentos

O que são debêntures? Indagação bastante comum no mercado financeiro

By 12 de dezembro de 2017 No Comments
O que são debêntures é uma pergunta muito comum

No mercado financeiro, diversas são as possibilidades e maneiras de um investidor aplicar os seus recursos, e saber os principais conceitos de cada classe de ativos – e o que são debêntures – se faz de extrema importância neste sentido.

Assim, ter consciência com clareza de o que são debêntures pode significar, a longo prazo, a definição de sucesso ou fracasso no decorrer do tempo para um investidor, principalmente se o mesmo possuir mais afinidade com ativos de renda fixa.

O que são debentures e como funciona

Esse ativo financeiro é um título de dívida que uma empresa possui com um investidor, que pode ser de médio ou longo prazo e, dessa forma, esse credor possui um direito de crédito a companhia.

Ainda, para as empresas, essa emissão de título é uma das principais formas de captação de recursos.

Como investir em debêntures

Qualquer pessoa que tenha interesse nessa aplicação financeira pode investir em neste ativo, entretanto, o valor inicial costuma variar, a depender da oferta de cada empresa.

Assim, o investidor, ao se questionar sobre como investir em debêntures, precisa se atentar de que, para aplicar nestes ativos, é necessário ser cliente de uma corretora de valores, ou de um distribuidor que possua uma carteira com produtos financeiros com esses títulos financeiros.

Vale ressaltar, neste sentido, que a corretora poderá ajudar a esse potencial investidor com qualquer dúvida ou questionamento sobre essa modalidade de investimento.

Quem pode emitir debêntures

É importante destacar, também, que somente empresas em caráter de Sociedade Anônima (S/A) podem emitir este tipo de dívida, e estas, dessa maneira, obterão diversas vantagens com a operação.

Captar recursos para investimentos com mais agilidade e valor mobiliário mais flexível são apenas algumas das vantagens que essas companhias possuem, por exemplo, ao emitirem esses títulos de dívida financeira ao mercado.

Adicionalmente, cabe reforçar que este tipo de compromisso assumido pelas empresas apresenta boa liquidez e, quando comparado a outros tipos de investimentos, como Certificados de Depósitos Bancários (CDB), Fundos DI e Fundos Referenciados, a debênture, historicamente, apresenta maiores rendimentos e, ainda, quando ela é prefixada, o investidor consegue saber, exatamente, quanto o seu capital irá render naquela operação.

Tipos de debêntures

Este tipo de financiamento das companhias abertas possui alguns critérios que permitem subdividi-lo em alguns tópicos, conforme abaixo destacado:

  • Debêntures Nominativas: estas são emitidas em nome do investidor inicial e, dessa forma, tanto o controle quanto o registro de transferências da debênture são feitos em livro próprio da companhia emissora em questão.
  • Debêntures Escriturais: também possuem a característica de terem o seu controle e registro de transferências feitos pela empresa, mas o título em si é guardado em uma conta de custódia por meio de uma instituição financeira – geralmente uma corretora de valores – no nome do investidor.
  • Debêntures Conversíveis: estas debêntures podem ser convertidas, ao final do período estabelecido no título ou em algum outro prazo estabelecido pela empresa, em ações da própria companhia. Com isso, esses ativos conversíveis são comumente interessantes para o investidor que enxergue uma potencial valorização do empreendimento ao longo do tempo.
  • Debêntures Simples: estas não possuem o benefício da conversão em ações, servindo apenas ao propósito de financiamento da empresa emissora.
  • Debêntures Permutáveis: assim como as debêntures conversíveis, as permutáveis funcionam da mesma forma, porém com o diferencial de que podem ser convertidas em ações de outra companhia, não necessariamente da companhia emissora.

Conclusão

Como pôde-se perceber acima, este tipo de ativo financeiro apresenta muitas vantagens no âmbito da capitalização de companhias abertas.

Dessa forma, quanto mais um investidor souber das muitas características presentes neste tipo de ativo, assim como as muitas variáveis em torno da questão sobre o que são debêntures, certamente seus resultados se mostrarão mais relevantes ao longo do tempo em suas aplicações financeiras.

Compartilhe a sua opinião

Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.