O que é ebit

Todo investidor deveria se atentar às linhas dos Demonstrativos de Resultado do Exercício (DRE) emitidos trimestralmente pelas empresas e, nesse contexto, o avaliar o que é Ebit é de fundamental valor.

É claro que todas os parâmetros presentes em uma DRE têm a sua devida importância em uma análise fundamentalista, porém é fato, também, que os questionamentos presentes em torno de o que é Ebit ainda são bastante comuns.

Para se compreender o que é Ebit, é preciso entender que essa é a sigla de Earning Before Interests and Taxes, o que, em português, significa algo como “Lucros Antes dos Juros e Impostos”. Em outras palavras, esse fator pode ser entendido como um indicador de aponta os lucros de uma companhia, calculado a partir de suas receitas menos os custos e despesas operacionais.

O que é Ebit – Como calcular?

Existem, basicamente, dois jeitos de se calcular esse indicativo financeiro, e essas maneiras, apesar de diferentes entre si, na teoria são bastante próximas:

Ebit = Receita Líquida – Custos e despesas operacionais

Ebit = Lucro Líquido + Juros + Impostos

Para uma maior compreensão, tomemos como base o exemplo abaixo referente ao resultado do primeiro trimestre de 2018 da empresa Grendene.

 

Imagem sobre o que é ebit

Acima, é possível perceber claramente que a companhia utilizou o segundo método de cálculo do Ebit para a demonstração do mesmo.

Isso pode ser explicado pois o início da apuração se fez através do lucro líquido do período, que na ocasião foi de R$ 156,1 milhões.

Somando-se os tributos sobre o lucro (R$ 17 milhões) com o resultado financeiro líquido (-R$ 52,6), é possível perceber que o Ebit do período em questão foi de R$ 120,5 milhões, com uma Margem Ebit de 22,1%.

Para os investidores que não compreendem o que é margem Ebit, para calculá-lo, basta que se divida o Ebit pela Receita Líquida. Logo:

Margem Ebit = Ebit / Receita Líquida

Vale ressaltar aqui que o resultado financeiro negativo da Grendene se deve ao fato de que a companhia não possui dívida líquida.

O que é Ebit e Ebitda – Qual a diferença?

Ainda se tomando como exemplo o caso da Grendene acima destacado, pode-se perceber que a diferença entre o que é Ebit e Ebitda se faz apenas no fato de que o segundo considera, em seu cálculo, o efeito da depreciação e amortização existente no período.

Isso pode ser melhor entendido ao se analisar a definição do Ebitda.

Ebitda = Earnings Before Interests, Taxes, Depreciation and Amortization

Em português, seria algo como Lucros Antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (ou Lajida).

Portanto, o Lajida nada mais é do que o Ebit adicionado da depreciação e amortização.

Considerações importantes sobre o Ebit na contabilidade

É muito comum a utilização desse indicador como uma forma de se medir o quanto uma companhia consegue gerar de lucratividade através apenas de suas operações.

Por conta disso, por diversas vezes essa métrica seja chamada, inclusive, de Lucro Operacional.

Ao se ignorar a influência dos juros e impostos na DRE, esse indicador demonstra, portanto, a capacidade do negócio em gerar rentabilidade através apenas da sua receita líquida descontando-se os custos e despesas.

Assim sendo, essa métrica deixa de lado, portanto, a influência dos impostos e da estrutura de capital da empresa.

Essas peculiaridades fazem com que essa métrica tenha uma utilidade bastante interessante.

Exemplo – o que é ebit?

Suponha-se que um investidor esteja analisando empresas do mesmo segmento, porem que operam em geografias diferentes, sendo submetidas, portanto, a diferentes taxas de impostos em suas operações.

Ao se analisar o indicador em questão de ambas é possível enxergar, com clareza, qual negócio opera com uma maior eficiência operacional.

Certamente se a mesma comparação fosse feita tomando-se como base o lucro líquido dessas empresas, a influência dos juros, impostos e da depreciação e amortização fariam o resultado do exercício comparativo menos eficiente.

Conclusão

Indicadores indicam, indicadores não determinam.

Assim, é preciso se analisar, junto com essa métrica, toda a conjuntura do negócio para se concluir sobre a viabilidade ou não de um investimento.

Nesse contexto, observar e, principalmente, entender o que é Ebit, é bastante importante em uma análise de fundamentos voltado para o longo prazo.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.