Por: Tiago Reis

O que são commodities: entenda tudo sobre esses produtos essenciais

Dentro do atual comercio globalizado saber o que são commodities é de importância vital para compreendermos como funciona as diversas transações que ocorrem diariamente.

Para definirmos o que são commodities é muito simples, basta dizermos que são mercadorias básicas que podem ser facilmente intercambiáveis e comumente utilizadas como insumo de produção para outros produtos.

O termo commodities, ou commodity, quando referido no singular, é uma palavra da língua inglesa que rapidamente se difundiu por todo o mundo para fazer referencia a um leque de produtos comercializado em bolsa de valores.

O papel das commodities no mercado internacional

O papel das commodities no mercado internacional

Os produtos normalmente chamados de commodity são mercadorias que não possuem diferenciação de um produtor para outro.

Por exemplo, podemos dizer que, praticamente um barril de petróleo no Brasil é praticamente o mesmo daquele produzido nos EUA.

De modo geral esses produtos ditam os fundamentos e o comportamento dos mercados internacionais, pois grande parte das margens de lucro das empresas está diretamente ligada aos preços dessas mercadorias dentro do mercado.

Portanto, quando um determinado produto é considerado commodity, o seu preço passa a ser atrelado com base em sua cotação nas bolsas de valores.

No âmbito geral, as commodities são podem ser divididas em 3 grandes grupos:

  1. Agrícolas: Laranja, algodão, milho, soja, trigo, etc.
  2. Minerais: petróleo, ferro, ouro, gás natural, etc.
  3. Ambientais: água, madeira, energia elétrica, etc.

Outro fato que é muito importante de destacar é grande importância contida na comercialização dessas mercadorias dentro de países, sobretudo aqueles subdesenvolvidos.

Por exemplo, o próprio Brasil depende muito de preços elevados na cotação do petróleo, minério de ferro e várias commodities agrícolas para que suas empresas lucrem e a sua economia como um todo tenha um bom desempenho.

Cotação das commodities nas bolsas de valores

Cotação das commodities nas bolsas de valores

Ao investir em uma commodity na bolsa de valores dois são os fatores que fazem os seus preços variarem, são eles:

  • Aumento da demanda, da qual faz o preço de mercado subir;
  • Queda da demanda, da qual vem acompanhada pela diminuição dos preços de mercado.

Por exemplo, digamos que a Vale ao ser hoje a maior produtora de minério de ferro do mundo receba uma notícia de que a China irá diminuir a demanda por esse minério no ano de 2018, o que tenderá a acontecer com o preço de ferro do mercado?

Exatamente, ele sofrerá uma pressão negativa, pois hoje o maior consumidor dessa mercadoria são as siderúrgicas chinesas.

De modo geral, as negociações dessas mercadorias se dão no mercado de valores através de contratos futuros.

Esses contratos foram criados como uma forma de proteger os produtores contra as volatilidades do preço de mercado de seus produtos.

Porém, existem aqueles que negociam com o objetivo de especular, comprando ou vendendo esses contratos com o propósito de auferir lucros.

A grande atratividade desse mercado para os especuladores está na elevada liquidez, da qual pode tornar possível grandes variações dentro de um mesmo dia.

De maneira geral, não acreditamos, e achamos até perigosa, uma abordagem especulativa que utilize essas ferramentas de mercado com o objetivo de lucro e não proteção.

Por fim, podemos dizer que o correto entendimento sobre o que são commodities é fundamental para que saibamos operar nesse mercado da forma mais prudente e responsável possível.

 

 

 

 

 

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

181 artigos
Ações

FIIs

48 artigos
FIIs

eBook Gratuito

Invista Como
Warren Bufeett

Aprenda a usar a estratégia do Value Investing, usada pelo maior investidor do mundo!