Acesso Rápido

    NOPAT: entenda o que é o Net Operating Profit After Taxes

    NOPAT: entenda o que é o Net Operating Profit After Taxes

    Dentro da administração financeira é importante calcular os custos e comparar com outras alternativas disponíveis para empresa. O NOPAT é uma das formas utilizadas para indicar o lucro e fazer esta comparação.

    O lucro contabilizado através do NOPAT é compreendido em um primeiro momento como sendo resultado do processo operacional. Este é uma dimensão importante na analise fundamentalista de investimentos.

    O que é NOPAT?

    O NOPAT é sigla para Net Operating Profit After Taxes, ou seja, lucro operacional líquido depois dos impostos. O indicador medirá a capacidade de desempenho de um negócio, afim de determinar se este é lucrativo.

    Dentro dos indicadores utilizados para medida de lucratividade, os mais utilizados são EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) e EBIT (lucros antes dos juros e tributos).

    Entretanto, uma das vantagens do NOPAT é permitir realizar uma análise, que será de longo prazo, através do histórico da empresa contra sua concorrência. Entendendo a capacidade de gerar receita, também é possível compreender a lucratividade frente as demais.

    O NOPAT no Brasil é utilizado para o lucro após a abatimento do Imposto de Renda para a Pessoa Jurídica (IRPJ) e Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL). Por conta dessas deduções, o resultado desse cálculo representa o quanto poderia ser destinado aos acionistas e investidores caso a empresa não tivesse dívidas.

    Qual a importância do indicador?

    Dependendo do tipo de análise, o indicador NOPAT poder mais eficiente que as medidas do EBITDA e EBIT. Isso acontece porque ele consegue descontar o valor do tributo. O NOPAT no Brasil tem grande importância por causa da alta carga tributária imposta pelo estado brasileiro às companhias.

    Assim, ele é usado também para composição de outras formulas e cálculos de indicadores financeiros. Os exemplos mais comuns são: ROIC (Retorno sobre o Capital Investido), FCFF (Fluxo de Caixa livre para a Firma) e FCFE (Fluxo de Caixa Livre do Acionista)

    Por isso, é necessário que cálculo do indicador seja correto, senão ocorrerá o efeito cascata. Ou seja, um equívoco nesse conta tem o potencial de causar uma série de erros na contabilidade financeira de uma companhia.

    Quer aprender a calcular o valor de uma empresa? Faça o minicurso de valuation e precificação de ativos.

    Como calcular o NOPAT?

    Uma fórmula do NOPAT que pode ser usada é:

    NOPAT =  EBIT * (1 – Impostos)

    Esta fórmula é mais a conhecida para o indicador. Lembrando que, no cálculo, estão inclusas as variáveis:

    • Custo;
    • Despesa operacional;
    • Depreciação;
    • Amortização.

    Existem softwares voltados à administração financeira que calculam o NOPAT da empresa, através dos resultados apresentados. Está é uma forma informatizada para controlar o resultado.

    Também é possível ajustar o imposto de renda da receita líquida de acordo com cada empresa. É importante calcular o NOPAT, para que a empresa estabeleça um bom controle financeiro e um sistema de gestão empresarial eficiente.

    Através da criação de um sistema de gestão empresarial, será possível trazer os dados que interferem nos resultados desse indicador. Esses envolverão os gastos e custos operacionais, como também os impostos a serem pagos.

    Foi possível conhecer melhor o que é NOPAT através desse artigo? Escreva, nos comentários a seguir, as suas dúvidas.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Rafael 17 de agosto de 2019
    • Anderson 8 de setembro de 2020

      Muito bom abriu um pouco mais meu campo de visão sobre o indicador.

      Responder