Por: Suno Research

Morning Call: Dólar, Coronavírus, Estados Unidos e China e Pedidos iniciais por seguro-desemprego – EUA

“O autoaperfeiçoamento vem principalmente da tentativa de ajudar os outros.” – Sir John Templeton

Gráfico do dia

Propriedade de ações norte-americanas por faixa etária (em trilhões de dólares)

O que aconteceu nas últimas 24 horas?

Dólar

Pelo segundo dia seguido, o dólar apresentou forte movimento de queda em relação ao real e fechou a quarta-feira (22/07) em R$ 5,114.

  • O movimento de queda da moeda em 1,87% foi impulsionado pelas expectativas de potenciais vacinas contra o coronavírus, pelo pacote de estímulos europeu e pela entrega da primeira parte da reforma tributária brasileira.
  • Por outro lado, com relação a outras moedas emergentes, o dólar apresentou movimento de alta, alavancado pela tensão entre Estados Unidos e China.
  • Apenas nesta semana o dólar acumula queda de 4,98% em relação ao real.

Coronavírus

O Brasil registrou na quarta-feira (22/07) a maior quantidade de novos casos de coronavírus em 24 horas, atingindo a marca de 65.339.

  • Os dados são do consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de saúde.
  • O maior valor atingido até então havia sido 55.808 novos casos, em 19/06/20.
  • 293 novas mortes também foram contabilizadas na quarta-feira (22/07).
  • O Brasil totaliza, então, 82.890 vítimas fatais e mais de 2,23 milhões de infectados pela Covid-19.
Planilha de Controle de Gastos

Não perca o controle das suas finanças! Baixe nossa planilha gratuita de controle de gastos e organize melhor toda a sua vida financeira!

Estados Unidos e China

Na quarta-feira (22/07), os Estados Unidos determinaram o fechamento do consulado da China em Houston, no Texas, sob o pretexto de proteger a “propriedade intelectual e as informações privadas dos americanos”.

  • A medida veio após a denúncia do Departamento de Estado dos Estados Unidos sobre o roubo de informações de dois hackers chineses para o Ministério da Segurança de Estado da China.
  • O caso não foi diretamente mencionado na determinação do departamento, que destacou, porém, que os diplomatas “devem respeitar as leis e os regulamentos do estado receptor” e “têm o direito de não interferir nos assuntos internos”.
  • Em resposta, a China prometeu retaliar caso os americanos não recuem da decisão.
  • “A China condena veementemente esta decisão tão ultrajante e injustificada que irá sabotar a China e os EUA”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Wang Wenbin.

Proporção de mortes diárias por Covid-19 por região

O que você deve saber hoje

Pedidos iniciais por seguro-desemprego – Estados Unidos

O número de pedidos de auxílio-desemprego será divulgado hoje.

  • O índice mede o número de pessoas que entraram com pedido de seguro-desemprego pela primeira vez na semana passada.
  • Uma leitura maior do que a esperada deve ser tomada como negativa para o dólar. Por sua vez, uma medida menor do que a esperada deve ser vista como positiva para a moeda norte-americana.
Telegram Suno
Suno Research

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

56 artigos
FIIs
newspaper

Conteúdo Gratuito

Suno
Morning Call

Notícias, fatos relevantes e acontecimentos comentados pelo nosso time no seu e-mail!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!