Acesso Rápido

    MLCX: saiba mais sobre o Índice MidLarge Caps da B3

    MLCX: saiba mais sobre o Índice  MidLarge Caps da B3

    Ao decidir investir no mercado financeiro, principalmente em empresas que possuem uma maior capitalização, é fundamental ter como parâmetro um indicador que mostre a evolução dessa classe de ativos no tempo. No caso do Brasil, um bom indicador para isso é o índice MLCX.

    Indicadores como o MLCX visam auxiliar os investidores no momento de construir a sua carteira de investimento, entendo a tendência de uma parcela de ativos.

    O que é o MLCX?

    O MLCX é o índice MidLarge Cap da B3, um índice que representa uma carteira teórica de ativos com que reúne as companhias de maior capitalização negociadas na B3.

    Sendo assim, o índice MidLarge Cap abrange tanto ações quanto units, sendo ele um indicador de retorno total, refletindo não só as variações nos preços dos ativos integrantes como também o impacto e a distribuição de proventos por parte das empresas emissoras desses ativos.

    E-book: Investir em Fundos de Investimento

    Baixe gratuitamente nosso ebook aprenda como escolher e investir nos melhores Fundos de Investimento do mercado.

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Composição do MLCX

    A composição do MLCX é dada por empresas de maior capitalização que estão entre os 85% de maior representatividade no que diz respeito ao valor de mercado de todas as empresas listadas na B3.

    Ademais para fazer parte do índice MLCX, o ativo também precisa estar entre os 99% mais negociados no período de vigência das três carteiras anteriores, em ordem decrescente do Índice de negociabilidade, bem como ter presença de 95% em pregão no período de vigência das 3 carteiras anteriores.

    É importante enaltecer que um ativo que tenha sido objeto de oferta pública realizada durante o período de vigência de três carteiras anteriores ao rebalanceamento poderá ser elegível.

    No entanto, é fundamental que essa oferta tenha sido realizada antes do rebalanceamento imediatamente anterior e que também tenha presença de 95% em pregão desde o início de sua negociação.

    Fora isso, o ativo também não pode pertencer à carteira do SMLL nem ser classificado como Penny Stock que são ativos negociados a menos de R$ 1,00. Também fica excluído do índice os BDR´s e ativos de empresas em recuperação judicial e extrajudicial.

    Ativos de companhias em regime especial de administração temporária e intervenção também não podem compor o índice.

    Histórico do MLCX

    O Índice MLCX passou a vigorar em janeiro de 2005, sendo que desde então vem apresentando crescimento gradual. Sua mínima foi alcançada em outubro de 2008 por conta da crise financeira daquele ano.

    No começo de 2020 o índice chegou ao valor de 2.281,72 pontos, vindo a cair logo na sequência. Ao acompanhar a evolução dele é possível compor uma carteira com as empresas de maior capitalização na B3.

    Para que serve o Índice?

    O MLCX visa indicar o desempenho médio das cotações dos ativos de uma carteira composta por empresas de maior capitalização.

    Sendo assim, ele é um índice de retorno total que mostra o preço dos ativos integrantes do índice no tempo. Com isso, o investidor tem um parâmetro para saber o momento certo de comprar e vender um determinado ativo.

    É possível investir no Índice MLCX?

    Como o índice não possui um ETF atrelado não é possível realizar investimentos nele. Sendo assim ele serve apenas para que o investidor consulte a cesta de ativos presente no indicador.

    Foi possível compreender sobre o que é o MLCX? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *