melhores ações

Dentre o grande número de ativos disponíveis na bolsa de valores há as melhores ações para se investir.

Mas como fazer para identificar as melhores ações?

As melhores ações para se investir são aquelas de empresas rentáveis, com altas margens de lucratividade, um sólido histórico de geração de valor e que negociam a preços atrativos.

Obviamente, achar estes ativos não é tarefa fácil. Porém, compreendendo estes critérios, achar estes ativos se torna uma tarefa mais simples.

Portanto, será detalhado ao longo do texto como identificar as seguintes características em empresas:

  • Rentabilidade elevada
  • Altas margens de lucro
  • Histórico de geração de valor
  • Preços atrativos

Rentabilidade elevada – Melhores ações

rentabilidade das melhores ações

ROE da Taesa – Fundamentus

Uma característica marcante das melhores ações é a rentabilidade elevada.

A rentabilidade pode ser medida por dois principais indicadores, são eles:

  1. ROE
  2. ROIC

O ROE se refere ao termo em inglês “return on equity”. Em português isto significa retorno sobre o patrimônio líquido.

Ou seja, este indicador representa quanto a empresa consegue de retorno para cada unidade de seu patrimônio líquido.

Por exemplo: Se uma companhia tem um patrimônio líquido de R$ 100 milhões, e uma lucratividade de R$ 10 milhões o seu retorno sobre o patrimônio líquido é de 10%, pois:

10 / 100 = 10%

Já o ROIC se refere ao retorno sobre o capital empregado.

Assim, ele leva em conta não somente o patrimônio dos sócios das empresas, mas também o capital de terceiros, através da captação de dívidas.

Para se ter uma ideia de como o ROE costuma indicar boas ações, observe a imagem acima com o ROE de Taesa.

A empresa apresenta este indicador em patamares bastante satisfatórios, por isso, entrega um ótimo retorno para o seu acionista de longo prazo.

Em 10 anos, o investidor da Taesa viu o seu capital multiplicar por 10 vezes, entre valorização da ação e dividendos.

Margens elevadas

margens das melhores ações

Margens da Grendene – Fundamentus

As margens das empresas se referem ao quanto de sua receita se torna lucro.

É muito importante buscar investir em empresas de margens altas, pois isto indica vantagens competitivas.

Ou seja, as melhores empresas para investir apresentam margens elevadas.

Negócios com muita concorrência costumam ter margens baixíssimas, por isso, essas empresas costumam lucrar menos.

Já empresas com margens altas costumam se sobressair em relação à concorrência.

Existem diversos tipos de margens, tais como: Margem líquida, margem bruta e margem EBITDA.

Para ilustrar a importância das altas margens, observe as margens da Grendene na imagem acima.

A Grendene é uma empresa do setor de calçados que opera com marcas muito fortes, tais como Rider e Melissa.

Isto faz com que a empresa consiga obter margens elevadas em seus produtos.

E, por fim, isto se traduziu em um bom retorno para o seu acionista. Pois, as ações da empresas se valorizaram bastante desde a sua abertura de capital.

Histórico de geração de valor

histórico das melhores ações

Lucros e dividendos do Bradesco – Fundamentus

As melhores ações para investir também costumam demonstrar um histórico de geração de valor aos seus acionistas.

Porém, como é possível avaliar este histórico?

Este histórico se avalia a partir dos resultados passados das empresas.

É importante avaliar, por exemplo, se a companhia obteve lucro na maioria dos exercícios passados.

Também é interessante analisar este lucro cresceu ao longo do tempo, se a companhia manteve margens e rentabilidade elevadas, entre  outros fatores.

Pode-se citar como exemplo de empresa com histórico de geração de valor ao acionista o banco Bradesco.

Observe, na imagem acima, o longo histórico de lucros e dividendos da empresas.

Ou seja, a empresa gerou valor ao longo do tempo ao seu acionista.

Preços atrativos

De nada adianta uma ação cumprir os primeiros 3 requisitos se não estiver negociando a preços atrativos.

O preço de uma ação contém as expectativas do mercado acerca dos seus resultados futuros.

Portanto, se uma empresa negocia com um valuation muito elevado, significa, geralmente, que o mercado tem expectativas de forte crescimento em relação a uma empresa.

No entanto, se este crescimento não ocorrer, a ação pode perder o seu valor.

Por isso, é muito importante avaliar as premissas que estão sendo consideradas na avaliação de uma ação.

Existem algumas formas de avaliar o preço de uma ação, entre elas se destacam a análise de múltiplos de mercado e a análise de fluxo de caixa.

As ações costumam negociar com os melhores preços nos momentos de crise. Pois, o pessimismo do mercado reflete no preço das ações.

Portanto, é possível comprar excelentes empresas a preços baixos nesses momentos.

Conclusão sobre as melhores ações

conclusão melhores açõesAs melhores ações para investir são, portanto, as que apresentam: Rentabilidade elevada, margens altas, histórico de geração de valor e que negociam a preços baixos.

Obviamente, não é tarefa fácil achar as melhores empresas para investir.

Porém, utilizando estes 4 critérios, fica muito mais fácil encontrar as melhores ações. Você ainda pode contar com a ajuda da Suno Research para receber análises e carteiras recomendadas que incluem ativos que atendem a estes 4 critérios.

Compartilhe a sua opinião

João Arthur Almeida

João Arthur Almeida

Profissional aprovado no exame (CEA) Certificado de Especialista em Investimentos da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). Aprovado também no CPA-20 e CPA-10, pela mesma instituição. Graduando em ciências econômicas pela UFPE.