lote padrão

Você sabe o que é lote padrão?

O lote padrão é utilizado para a compra e venda de ativos na bolsa de valores brasileira, a B3.

O lote padrão é o número mais comum de ações utilizado para se comprar e vender ativos. Tipicamente este lote é de 100 ações. Ou seja, os negócios precisam se dar em múltiplos de 100. Por exemplo, a negociação de um lote é a negociação de 100 ações.  Enquanto que a negociação de 10 lotes representa um negócio de 1.000 ações.

O lote padrão também representa o número mínimo de ações que pode ser negociada no mercado.

Por exemplo, um investidor, através do mercado tradicional, não pode comprar 90 ações. Isto porque 90 ações não chegam a completar um lote.

No entanto, para aqueles que desejam negociar menos de 100 ações, existe o mercado fracionário.

O mercado fracionário foi criado pensando, sobretudo, no pequeno investidor. Ao longo do texto será detalhado como você pode utilizá-lo.

Exemplo do uso do lote padrão

Lote padrão Petrobras

Home Broker: Guide Corretora

Para demonstrar o uso do lote será utilizado um exemplo com o lote padrão da Petrobras.

Observe, na imagem acima, que todas as ofertas de compra ou de venda estão em múltiplos de 100.

Ou seja, estão respeitando a exigência do lote padrão.

Para botar uma ordem no seu home broker basta digitar o ticker da ação. No caso PETR3. E então definir uma quantidade que seja múltiplo de 100.

Por exemplo, ao comprar 100 quantidades por um custo de R$ 27,79, o valor de um lote será R$ 2.279.

Pois, 100 * 27,79 = R$ 2.279

Este é, portanto, o valor mínimo para se aplicar nas ações da Petrobras pelo mercado tradicional. Isto por conta do lote padrão da Petrobras.

Mas e se eu não tiver recursos suficientes para comprar um lote cheio de ações?

Este é um questionamento muito comum feito no mercado.

Afinal, algumas ações possuem um valor nominal muito alto, tornando os seus lotes padrões inacessíveis ao pequeno investidor pessoa física.

Imagine, por exemplo, uma ação que custa R$ 95.

O lote cheio desta empresa será, portanto, R$ 9,5 mil. Este valor pode ser inviável para um investidor iniciante, que busca diversificar os seus recursos em algumas empresas.

Por isso, a B3 criou o mercado fracionário.

Com ele você pode negociar quantas ações desejar, sem restrições de ter que completar ao menos um lote cheio. Ou de o número de ações adquiridas necessitar ser múltiplo de 100.

Voltando ao exemplo de ação que custa R$ 95. Imagine que um pequeno investidor deseja aplicar no máximo R$ 1 mil nesta ação.

Ele, então, não pode comprar este ativo no lote padrão, pois o valor mínimo seria de R$ 9,5 mil. No entanto, ele pode comprar 10 ações no mercado fracionário, o que totaliza apenas R$ 950.

E como encontrar uma ação no mercado fracionário?

É muito simples. Basta adicionar um F ao fim do ticker da ação. Por exemplo, foi observado que o ticker de ação ordinária da Petrobras é “PETR3”. Para comprar no mercado fracionário, portanto, o ticker será “PETR3F”.

É assim para todas as demais ações, tais como:

  • Banco Itaú: “ITUB3” ou “ITUB3F”
  • Vale: “VALE3” ou “VALE3F”
  • Bradesco: “BBDC3” ou “BBDC3F”

Portanto, você já sabe como negociar ativos fora do lote padrão. Atente-se sempre, também, para a taxa de corretagem cobrada por sua corretora.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.