Acesso Rápido

    KPI: veja como medir o desempenho e a performance de um negócio

    KPI: veja como medir o desempenho e a performance de um negócio

    As empresas possuem muitos indicadores de desempenho usados na gestão além de financeiros como lucro bruto ou lucro líquido. Uma das ferramentas mais importantes nesse sentido é o KPI.

    Com uso do KPI, os gestores podem tomar decisões que afetam diretamente o negócio com embasamento.

    O que é KPI?

    O KPI é uma ferramenta de gestão que pode ser usada para medir o nível de desempenho de diversos processos de um negócio. Isto é, servem como indicadores de qualidade e performance.

    significado de KPI em português é indicador chave de desempenho. O termo é uma sigla em inglês para key performance indicator.

    Os indicadores KPI são utilizados nos mais diversos tipos de negócios. Isso porque há vários indicadores de performance existentes. E eles podem também ser adaptados segundo os objetivos que se busca atingir, tendo assim ampla flexibilidade.

    Dessa forma, os KPI medem não só o desempenho financeiro, mas também o grau de sucesso dos processos de um negócio.

    Um indicador-chave de desempenho pode ser categorizado em:

    • Primário: são indicadores de desempenho financeiro de um negócio;
    • Secundário: demonstram como os resultados financeiro estão sendo obtidos. Isto é, justificam os primários;
    • Prático: todos os demais dados dos processos de um negócio.

    Quer saber como avaliar melhor o desempenho de uma empresa? Faça o curso online de valuation e precificação de ativos.

    Exemplos de KPI

    Como os negócios têm a necessidade de entender e melhorar constantemente as atividades que desempenham, várias técnicas para de avaliação têm sido criadas. Dentre elas, pode-se citar algumas de uso mais comum, como:

    • Time to market: Faz a medição do tempo de lançamento de um produto do desenvolvimento até a venda;
    • Lead time: Avalia quanto tempo é necessário para concluir um processo;
    • Stock out: Mede o tempo que leva para o estoque acabar;
    • Market share: Indica qual a participação de um produto, serviço ou empresa no mercado;
    • Produtividade: Analisa quantos produtos são produzidos por pessoa em determinado tempo;
    • Ociosidade: Porcentagem que uma equipe, funcionário, ferramenta, máquina ficam parados;
    • Turnover: Mede o número de funcionários contratados e demitidos. Isto é, a rotatividade de uma empresa.

    Uso dos Indicadores de Desempenho:

    Muitos negócios usam uma série de combinações de KPI. Isto é, um conjunto de informações que, combinadas, ajudam a melhorar os processos.

    Por exemplo, uma companhia aérea pode levar em consideração a ociosidade que uma aeronave fica parada esperando embarque em determinado aeroporto para saber quais manutenções podem ser feitas naquela janela de tempo. Essa mesma companhia pode medir quanto tempo leva para vender todas as passagens de um voo.

    Importância dos indicadores de desempenho

    Com os dados de KPI, os gestores podem tomar decisões que afetam diretamente o negócio com embasamento. Um exemplo dessa possibilidade é, com base nos resultados, descobrir quais ajustes fazer para reduzir os custos de produção de um produto.

    É importante lembrar que os indicadores, por si só, não trazem respostas prontas para os problemas. Assim, é preciso que o processo de definição de indicadores, coleta de dados e análise de resultados seja feito com as devidas ponderações, a fim de se atingir o objetivo pretendido.

    Foi possível aprender mais sobre KPI com esse artigo? Caso tenham restado dúvidas, deixe suas questões nos comentários abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *