Acesso Rápido

    Joesley Day: entenda o que esse dia representou para o mercado brasileiro

    Joesley Day: entenda o que esse dia representou para o mercado brasileiro

    O dia 27 de maio de 2017 ficou conhecido no mercado financeiro brasileiro como Joesley Day.

    Desencadeado após um escândalo que envolvia o presidente da República à epóca, o Joesley Day foi a prova que desastres políticos podem causar impactos extremamente significativos na vida das pessoas, sobretudo nos seus patrimônios.

    O que foi o Joesley Day?

    Ocorrido no dia 17 de maio de 2017, o Joesley Day foi o dia que houve a divulgação do conteúdo de uma conversa entre o ex-presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista, estabelecendo uma crise política que comprometeu a aprovação da reforma da previdência naquele momento.

    Na conversa, Michel Temer dava aval para que fosse comprado o silêncio do ex-presidente da câmara de deputados, Eduardo Cunha.

    Minicurso: Valuation e Precificação de Ativos

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito de Valuation e aprenda os principais conceitos sobre como avaliar ativos e empresas do jeito certo!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Tal fato, foi tão impactante que acreditava-se na possibilidade de impeachment do presidente do momento, Michel Temer.

    Por toda a instabilidade política daquele momento e pela certeza que a pauta da tão necessária reforma da previdência não seria mais avançada, os efeitos dos eventos desse dia foram desastrosos para a bolsa de valores.

    Consequências do Joesley Day na bolsa de valores

    Uma vez entendido o que foi o Joesley Day, não é difícil entender o porquê deste dia ter tido um impacto tão forte sobre o mercado financeiro.

    A queda no gráfico do Ibovespa foi a maior de um período de aproximadamente 9 anos, enquanto o dólar, neste mesmo dia, teve a maior alta de um período de 14 anos.

    O Índice Bovespa despencou aproximadamente 9% no Joesley Day, enquanto o dólar sofreu uma valorização de 10%.

    A queda da bolsa no Joesley day só não foi maior do que no dia 22 de outubro de 2008, quando a queda foi de 10% devido a consolidação da crise financeira internacional.

    A situação no Joesley Day poderia ter sido mais drástica, entretanto, a B3 utilizou o circuit breaker, que uma tecnologia desenvolvida para amenizar movimentos bruscos de mercados.

    Portanto, este dia ficou marcado como um grande susto por parte dos investidores da bolsa de valores, que viram o valor de seus ativos despencar drasticamente.

    Além disso, com a grande alta do dólar, os empreendedores e empresários também sofreram grande impacto em seus negócios.

    Quem foi Joesley Batista?

    Joesley Batista é um empresário que conduziu as atividades da empresa agropecuária JBS (JBSS3), que inclusive é listada na bolsa de valores.

    No ano de 2016, durante a Operação Lava-Jato, o empresário foi investigado por pagamento de propina ao Eduardo Cunha.

    Praticamente 1 ano depois, em 2017, o deputado entregou a gravação da sua conversa com o ex-presidente Michel Temer em uma delação premiada.

    O empresário ainda utilizou a informação privilegiada que tinha ao seu favor para realizar ganhos no mercado financeiro.

    Ao saber que, após a delação ser divulgada, a bolsa entraria em colapso e o dólar valorizaria, Joesley realizou a compra de aproximadamente US$3 bilhões, obtendo um lucro significativo dias após o escândalo.

    Joesley foi preso pela primeira vez no ano de 2017, sobre a acusação de vários crimes, como:

    • Manipulação de mercado;
    • Fraude financeira;
    • Pagamento de propina;
    • Corrupção.

    Esse artigo te ajudou a entender melhor o que foi o Joesley day? Deixe comentários e possíveis dúvidas no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *