IVVB11
Por: Tiago Reis

IVVB11: entenda como investir em ações estrangeiras com esse fundo de índice

Investir no exterior pode parecer complicado para a maioria das pessoas. Mas você sabia que é possível investir nas maiores empresas americanas sem precisar sair do Brasil e comprando apenas um único ativo? Se não, você precisa conhecer o IVVB11.

Por toda sua abrangência e praticidade, o IVVB11 tem se tornado cada vez mais popular com o aumento do número de pessoas buscando se expor a investimentos estrangeiros.

O que é o IVVB11?

O IVVB11 é um fundo de índice (ETF) negociado na B3 que replica, em reais, a perfomance do S&P500 — o índice americano que reúne as 500 maiores companhias de capital aberto dos EUA.

Dessa forma, pode-se dizer que o IVVB11 é uma forma de investir em ações americanas sem precisar sair do Brasil e nem abrir uma conta em uma corretora no exterior.

Com ele, o investidor pode obter acesso tanto à variação cambial quanto ao investimentos nas 500 maiores empresas americanas. Isto ocorre pois a cotação do IVVB11 também é diretamente impactada pela variação do dólar.

A relação entre S&P500 e IVVB11

ivvb11 cotação

Antes de entender como o IVVB11 funciona, é importante saber o que é o S&P500.

O S&P500 é um dos maiores e mais importantes índices de ações de todo o mundo. Em conjunto com os outros 2 grandes índices da bolsa americana, tais como o Dow Jones e o Nasdaq, ele forma a tríade que todo investidor analisa para saber o momento do mercado mundial.

O S&P500 é um índice composto de acordo com o valor de mercado da empresa e que as 500 maiores companhias dos EUA fazem parte.

Logo, quanto maior o valor de mercado de uma empresa maior será a sua participação no S&P500. No jargão do mercado, se diz que maior será o “peso” da empresa no índice.

O S&P 500 se diferencia do índice Dow Jones pois ele é muito mais amplo.

O índice Dow considera apenas as 30 maiores empresas americanas. Enquanto que o índice da S&P, como você já sabe, consideram 500 companhias. Assim, este é um índice muito mais diversificado. Considerando, também, que a empresa com maior participação terá um peso apenas marginal no resultado final do índice.

Já o índice Nasdaq se notabilizou por ser o índice das empresas de tecnologia. Isto ocorreu pois a bolsa Nasdaq foi onde a maior parte das empresa deste setor abriram o seu capital.

Como funciona o IVVB11?

Cotação do IVVB11: Superando os demais índices
Fonte: Economatica

Uma vez que você entendeu o conceito do S&P500 se torna muito fácil entender a cotação do IVVB11.

O índice é negociado na bolsa de valores brasileira, a B3, e pode ser comprado facilmente através de qualquer corretora. Sua negociação ocorre abertamente no pregão, assim como qualquer ação. Porém, a diferença nesse caso é que não são negociadas ações, e sim cotas do fundo.

A única diferença, no entanto, está na cobrança de uma taxa de administração. Atualmente, a taxa de administração do IVVB11 é de 0,24% ao ano. O valor é descontado automaticamente do capital investido do fundo.

Vantagens do IVVB11

As principais vantagens do IVVB11 são:

  • Proteção cambial: No caso de uma alta do dólar o índice tende a valorizar. Logo, comprar esse ativo pode funcionar como uma estratégia de hedge cambial.
  • Exposição a países mais estáveis: O Brasil possui uma economia que ainda é bastante volátil. A economia americana, por sua maior estabilidade, se torna ideal para o investimento em ações com baixa volatilidade.
  • Diversificação global: Investir em empresas gigantes no mundo todo reduz a sua exposição ao risco da economia brasileira.
  • Índice com ampla globalização interna: Por ser composto por 500 empresas este é um ativo mega diversificado.

Desvantagens do IVVB11

Já as principais desvantagens do IVVB11 são:

  • Ausência de distribuição de dividendos: Por ser um fundo de índice não são distribuídos dividendos. Os dividendos do IVVB11 distribuídos pela empresa são reinvestidos no próprio fundo.
  • Não é possível escolher as empresas individualmente: Uma vez que você aplica no fundo IVVB11 você não estará se expondo a empresas individualmente, mas sim a um grupo de empresas americanas. Se você deseja aplicar um filtro maior e selecionar algumas empresas para investir é recomendado você realizar o stock picking.

Mesmo com suas limitações, investir no IVVB11 pode ser uma ótima alternativa para diversificar sua carteira com ativos internacionais — principalmente para quem ainda não investe no exterior. Se esse é o seu caso, a Suno preparou um excelente material para te guiar nessa jornada: confira gratuitamente o nosso E-book Investindo no Exterior e aprenda todos os passos para aplicar seu capital em nos mercados do mundo inteiro.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

3 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Bruno 22 de maio de 2019

    Se o ivvb11 não distribui dividendos, a única forma de ter lucro é com a valorização do ativo?

    Responder
    • Pedro 24 de maio de 2019

      Isso! Você precisa vender o ativo e pagar o ganho de capital ao longo prazo.

      Responder
    • Suno Research 6 de junho de 2019

      Sim. Porém, os dividendos que são distribuídos pelas empresas contidas no ivvb11 são reinvestidos pelo próprio fundo. Logo, esse próprio reinvestimento já gera, por si só, um ganho de capital no valor do ativo. Abraços

      Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

181 artigos
Ações

FIIs

48 artigos
FIIs

eBook Gratuito

Manual do Investidor

Tudo o que você precisa para dar os primeiros passos na Bolsa de Valores

%d blogueiros gostam disto: