investimentos para iniciantes

O assunto que diz respeito aos investimentos para iniciantes geralmente levanta muitas dúvidas e, de certa maneira, também envolve muitas polêmicas devido às várias inverdades sem fundamentos que são difundidas no cotidiano das pessoas.

Diante disso, é muito importante, para as pessoas que estão iniciando na jornada de aplicação de recursos financeiros, que procurem o quanto antes se informar a respeito das principais inquietações que giram em torno do tema voltado para investimentos para iniciantes.

Investimentos para iniciantes ideais são aqueles que apresentam uma baixa complexidade, segurança, e oferecem uma boa rentabilidade sobre o capital. Alguns exemplos são: Tesouro Direto, CDB’s, fundos de investimento.

Porém, o investidor iniciante deve também considerar as aplicações de renda variável, como as ações e os fundos imobiliários.

Neste sentido, levantamos, a seguir, sete dicas bastante relevantes que devem ser levadas em consideração por uma pessoa ao se pensar em multiplicação de patrimônio através do mercado financeiro.

É claro que essas dicas não devem ser encaradas como verdades absolutas, porém, se analisadas como uma maneira de se agregar valor e de se complementar uma instrução de conhecimentos pré-estabelecidos, com certeza podem contribuir bastante para uma jornada de aplicações de longo prazo.

  1. Planeje-se
  2. Quite suas dívidas
  3. Estude bastante
  4. Gaste menos que ganha
  5. Tenha paciência
  6. Diversifique seus investimentos
  7. Busque ajuda especializada
  8. Bons investimentos para iniciantes
  9. Conclusão sobre investimentos para iniciantes

1 – Planeje-se – Investimentos para iniciantes

planejamento de investimentos para iniciantesNão só nas finanças pessoais, mas na vida em geral, se planejar antes de executar qualquer tarefa é uma excelente decisão.

Obviamente que é impossível prever o futuro, mas fazer o possível para evitar surpresas desagradáveis é fundamental.

Neste sentido, é importante que o investidor planeje de maneira coerente com os seus objetivos o seu orçamento mensal, de modo que, em todo mês, uma reserva interessante seja provisionada para os seus aportes financeiros.

O objetivo pessoal de cada investidor costuma variar entre diferentes indivíduos. Alguém com poucos recursos no início pode ter como meta apenas começar a investir.

Enquanto outros com maior capacidade de poupança podem ter como objetivo atingir altos valores de patrimônio, como chegar ao primeiro milhão.

O importante, no entanto, é que se tenha um objetivo em mente que seja viável e ao mesmo tempo desafiador.
É sempre importante lembrar, também, que é completamente possível e factível começar a investir com pouco capital, fato este que desbanca o comum questionamento a respeito de como começar a investir com pouco dinheiro.

Desta forma, pode-se perceber que é falso o mito de que investir é coisa para empresários de sucesso ou para quem tem muito dinheiro sobrando, pois, valores financeiros baixos – leia-se até de R$ 1.000,00 – apesar de não serem insignificantes, podem com toda certeza serem acumulados por um indivíduo que tenha disciplina e capacidade de poupar.

No vídeo abaixo, Luiz Barsi, um dos maiores investidores do Brasil, fala sobre como não é preciso ser rico para ter sucesso como investidor.

Vídeo Luiz Barsi

Na questão do planejamento ainda é importante para o investidor determinar o seu perfil de risco.

Mas o que seria o perfil de risco?

O perfil de risco diz respeito ao quanto de risco o investidor aceita em seus investimentos.

Comumente, quanto maior o risco, maior a rentabilidade dos investimentos.

Os perfis de risco se dividem em basicamente três grandes tipos: Conservador, moderado e agressivo.

Investidores conservadores costumam investir a maior parte dos seus recursos em renda fixa.

Enquanto que os investidores arrojados direcionam a maioria dos seus recursos para a renda variável.

E os investidores moderados tipicamente distribuem os seus recursos entre estas duas classes de investimento.

É importante afirmar que embora as ações sejam aplicações mais comuns para investidores arrojados elas não são necessariamente mais arriscadas.

O investimento em renda variável, obviamente, é muito mais volátil do que o investimento em renda fixa.
Mas, de forma alguma esta volatilidade indica um maior risco.

Pelo contrário, a volatilidade faz com que surjam ótimas oportunidades de investimento com baixo risco em ações.

Porém, como alguns investidores não conseguem lidar com a volatilidade, estes investimentos acabam sendo recomendados para investidores mais “arrojados”.

Warren Buffett, o maior investidor de todos os tempos, afirma que o risco não vem da volatilidade dos investimentos, mas sim de falta de conhecimento sobre os o que se esta fazendo.

Investir em renda variável pode ser considerado arriscado no curto prazo, por conta da volatilidade, no entanto, não investir em renda variável pode ser arriscado no longo prazo, já que o investidor acaba perdendo ótimas oportunidades de aplicações.

Assim, além dos bons investimentos para iniciantes tradicionais como o Tesouro Direto, é importante considerar também as ações e os fundos imobiliários, pois estes podem ser os melhores investimentos para iniciantes.

2 – Tente se livrar das dívidas o quanto antes – Investimentos para iniciantes 

dívidas e primeiro investimentoPelo que se sabe sobre finanças, só existe uma maneira de se conseguir aumentar o patrimônio pessoal: adquirindo ativos financeiros.

Entretanto, antes de se comprar ativos, é extremamente importante que se procure sanar o quanto antes as dívidas pessoais adquiridas no passado.

Com a tradicional e histórica altíssima taxa de juros praticada no Brasil, dificilmente existirá um passivo financeiro mais devastador de patrimônio do que as tão comuns dívidas financeiras presentes em boa parte das famílias brasileiras.

É verdadeiramente uma pena que esse tipo de prática e conhecimento financeiro acerca da diferença entre ativos e passivos financeiros não seja ensinada e difundida nas escolas.

Esse tipo de conhecimento deveria ser estimulado desde os primeiros anos de vida de todas as pessoas.

Sem dúvidas, é um cenário bastante triste esse em que se encontra a realidade do Brasil nesse momento.

Diante disso, entenda o quanto antes: Se você quer se tornar um investidor de sucesso, antes de tudo, procure sanar todos os seus compromissos.

Isso é primordial para uma jornada vencedora no mercado financeiro.

Os juros compostos são extremamente poderosos. Muitas pessoas não percebem a real força dos juros compostos.
Com ele, é possível acumular quantias extremamente altas a partir de valores reduzidos. Basta ter paciência e disciplina.

No entanto, da mesma maneira que os juros compostos são uma poderosa ferramenta para acumular patrimônio, ele também pode corroer o mesmo através de dívidas.

Dívidas não quitadas funcionam da mesma forma que os investimentos, só que na direção contrária.

Portanto, é crucial que o investidor quite suas dívidas antes de começar a investir.

3 – Leia e estude bastante 

livros de investimentos para iniciantesWarren Buffett já relatou, por diversas vezes, que mantém desde jovem o hábito de ler 500 páginas de conteúdo financeiros por dia.

Isso pode ser explicado pelo fato de existirem muitas áreas de conhecimento envolvidas no processo de investimento, e nenhum livro cobre todas elas com a profundidade necessária para contribuir para uma pessoa se tornar um bom investidor.

Isto posto, é interessante mencionar que existem muitos títulos interessantes disponíveis em português, alguns escritos por autores brasileiros, outros por estrangeiros e traduzidos.

Uma dedicação de vinte minutos por dia de qualquer pessoa que tenha interesse no assunto pode significar grande vantagem quando se pretende investir.

Se o Cristiano Ronaldo dos investimentos ainda procura aprender e se atualizar constantemente, por que nós, “simples mortais” nos daríamos o luxo de não praticar esse valioso e saudável hábito?

A leitura de livros voltados para os investidores iniciantes é uma excelente alternativa para este fim.

Sem dúvidas, a leitura é uma atividade que deve fazer parte dos hábitos diários de uma pessoa que deseja melhorar os seus conhecimentos voltados para os investimentos para iniciantes.

4 – Gaste menos que ganha 

planejamento financeiro de investimentos para iniciantesEsse poderia ser considerada a dica mais importante de todas.

Por estar diretamente relacionada ao item 2, o ato de gastar menos tende a evitar com que as pessoas acumulem passivos financeiros.

Não importa o montante financeiro que você consegue criar no mês, mas é extremamente necessário que você se planeje para reservar de 10% a 20% desse capital mensal no intuito de multiplicá-lo no decorrer do tempo.

Não adianta se iludir, somente com esse hábito uma pessoa consegue investir no mercado financeiro.

No que diz respeito aos investimentos para iniciantes, gastar menos do que recebe é um hábito de extrema importância.

Uma pessoa pode deter um grande conhecimento sobre os melhores investimentos para iniciantes. Porém, sem a capacidade de poupança, é impossível atingir um objetivo de investimentos.

Aliás, pode-se afirmar que a poupança é a única coisa que todos os investidores possuem em comum. Pois, obviamente, para investir é necessário antes poupar, logo, todo investidor é um poupador.

Quanto mais o investidor conseguir poupar, mais rapidamente ele atingirá o seu objetivo.

Ainda, ao poupar cada vez mais, e reinvestir os proventos dos investimentos inicias, o investidor se aproxima cada vez mais da independência financeira.

5 – Tenha paciência 

paciência nos bons investimentos para iniciantesO tempo vai passar de qualquer maneira, então por que não o utilizar a nosso favor?

É preciso que fique claro para um investidor que não existem oportunidades todos os dias.

As grandes oportunidades são raras e esporádicas, por isso é necessário ter paciência para aguardar o momento certo de se investir, que geralmente se fazem reais logo após fortes quedas, quando as ações estão baratas e a maioria das pessoas está com medo de aplicar seus recursos.

Nesta conjuntura, é muito interessante mencionar uma frase de Buffett, na qual ele menciona o seguinte:

“Tenha medo quando os outros estão gananciosos. Seja ganancioso quando os outros tem medo.”

Os maiores investidores do mundo cultivam o nobre e admirável hábito de serem pacientes em suas aplicações.

Não existe dinheiro fácil, por que no mercado financeiro existiria?

Desconfie sempre de promessas de altos ganhos em curtos espaços de tempo.

Lembre-se que a única maneira de se ganhar muito no curto prazo é vendendo a ideia de ganhar muito no curto prazo.

No processo de acumulação de patrimônio não existem atalhos.

Tenha paciência, vislumbre o horizonte de longo prazo, faça aportes consistentes e racionais e deixe o tempo atuar a seu favor.

A história está aí para nos ensinar que a recompensa é sempre muito satisfatória para aqueles que sabem esperar.

Warren Buffett muitas vezes passas anos sem comprar nenhuma ação, permanecendo a espera de oportunidades.

Enquanto muitos investidores se tornam gananciosos, Buffett permanece paciente a espera dos melhores investimentos.

Para isso, ele mantém altos valores de reserva em títulos de alta liquidez e baixo risco. A paciência de Buffett costuma se pagar.

Em 2008, por exemplo, em meio à crise financeira mundial, muitas ações negociavam extremamente descontadas.

Então, Warren Buffett aproveitou o pânico no mercado para comprar participação em diversas empresas americanas.

Desde então, as ações americanas passaram por um extenso período de valorização.

Outro investidor de sucesso que valoriza a paciência é Luiz Barsi.

Barsi se especializou em comprar ativos em momentos de pânico de mercado.

Ele, inclusive, criou a analogia da “boca do jacaré”.

No vídeo abaixo, Luiz Barsi explica o significado desta analogia.

6 – Diversifique os seus ativos 

diversificar os investimentosNo final da década de 1990 o mercado de capitais dos Estados Unidos vivenciou o que hoje é conhecido como a “bolha das empresas ponto com” ou a “bolha da Internet”.

Este movimento especulativo valorizava exponencialmente as ações das empresas do setor de tecnologia e comércio eletrônico relacionados com a rede mundial de computadores.

O sucesso repentino de empresas recentemente criadas na ocasião, juntamente com promessas de lucros vindouros, fez muitos investidores ignorarem regras básicas de análise fundamentalista.

Houve quem promoveu o que acreditava ser uma diversificação de investimento, comprando papéis de várias empresas do segmento “ponto com”.

Entretanto, com o estouro da bolha na virada do século, muitas empresas deste ramo simplesmente desapareceram, ou foram vendidas por preços módicos.

Quem investiu apenas em empresas “ponto com” naquele período, praticamente quebrou junto com elas, pois não estava devidamente protegido pela diversificação, que implicaria em investir em empresas de outros setores, como os da área financeira e energética.

É sempre importante utilizar a história para aprender e tentar evitar cometer os mesmos erros do passado.
O “conto das ponto com” serve como um exemplo perfeito da importância de nunca se colocar os mesmos ovos numa cesta.

Imagine, por exemplo, como ficou o investidor que investiu todos os seus recursos em empresas de tecnologia na época da bolha da internet.

Certamente quem fez isso perdeu uma parcela relevante de seu patrimônio.

As bolhas aparecem constantemente no universo dos investimentos.

E ainda, muitos riscos podem ser inesperados, e não parecem óbvios no momento presente, embora no futuro, olhando em retrospectiva, eles possam parecer óbvios.

Em 2007, por exemplo, poucos foram os que perceberam sinais de uma crise no mercado americano.

Crise que acabou impactando todo o mundo, e causando grandes descontos nas ações, inclusive no Brasil.

Diversifique, de preferência investindo em ativos de segmentos diferentes.

Dessa forma, você não fica exposto a riscos específicos.

É recomendado, por exemplo, que o investidor de ações também mantenha uma parcela do seu patrimônio em fundos imobiliários.

E ainda, que tenha uma reserva em renda fixa para emergências e para comprar boas oportunidades.

Uma outra forma de diversificar para o investidor brasileiro é investir em ativos com correlação com o dólar. O Brasil é um país de crises relativamente frequentes, além de bastante instável.

Por isso, é recomendado que o investidor tenha uma parcela do seu patrimônio atrelado ao dólar.

Algumas formas de fazer isto são as abaixo:

  1. Investir em ações de empresas exportadoras, com receita em dólar
  2. Investir em BDR´s, comprando ações estrangerias
  3. Abrir uma conta em uma corretora no exterior e investir diretamente fora do Brasil

7 – Busque ajuda especializada 

especialista em investimentos para iniciantes

Como último item da lista de 7 dicas para investidores iniciantes, não poderia deixar de ser mencionado o fato de que uma consultoria especializada é fundamental para o sucesso no longo prazo.

Na assinatura premium da Suno Research você conta com uma assessoria completa de investimentos, que inclui:

  • Carteira recomendada de ações dividendos
  • Carteira recomendada de ações valor
  • Carteira recomendada de fundos imobiliários
  • Relatórios de análises semanais para ações dividendos, ações valor e fundos imobiliários
  • Suno Call Premium diário com notícias das empresas e um texto por Tiago Reis
  • Radar de fundos imobiliários
  • Desconto em cursos online e eventos presencias

Obviamente que é muito importante se pesquisar a índole das casas de consultoria disponíveis no mercado antes de solicitar os seus serviços oferecidos.

Ainda, é muito importante que sempre, em toda circunstância, se desconfie de toda e qualquer oferta de altos ganhos financeiros no curto prazo.

Como salientado anteriormente, não existe dinheiro fácil.

Na verdade, só conquista altos ganhos em curtos espaços de tempo que promete altos ganhos em curtos espaços de tempo.

Por isso é muito se ouvir relatos de pessoas que perderam bastante dinheiro confiando em supostas dicas de enriquecimento fáceis e rápidas no âmbito dos investimentos para iniciantes.

Desconfie sempre de quem lhe oferece oportunidades únicas.

Bons investimentos para iniciantes 

melhores investimentos para iniciantesAbaixo, será descrito como funcionam alguns dos melhores investimentos para iniciantes.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto pode ser uma excelente porta de entrada para o mundo dos investimentos.

Estes títulos possuem como credor o Governo Federal, que é a instituição com o menor risco de crédito da economia.

Eles costumam ser recomendados como porta de entrada para os investimentos pois com apenas R$ 30 é possível comprar títulos.

Os títulos estão disponíveis em 3 principais tipos, sendo eles:

  • Tesouro Selic
  • Tesouro IPCA+
  • Tesouro prefixado

Para mais informações sobre o Tesouro Direto você pode fazer o curso gratuito da Suno Research.

E ainda é possível ver muitas informações no site do Tesouro Nacional.

CDB´S

CDB´s são certificados de depósitos bancários.

São títulos de renda fixa, assim como o Tesouro Direto, no entanto, neste caso, os credores são os bancos.

Estes é um investimento que também pode ser considerado de baixo risco pois conta com garantia do FGC para valores até R$ 250 mil por CPF e instituição financeira.

Isto significa que mesmo que o banco se torne inadimplente, o investidor garante o seu investimento.

Tipicamente, os CDB´s possuem rentabilidade indexada ao CDI.

Porém, também pode ser prefixados ou indexados ao IPCA.

LCI/LCA

LCI e LCA respondem respectivamente por letra de crédito imobiliário e letra de crédito do agronegócio.

São títulos emitidos por instituições financeiras para financiar estas duas importantes atividades da economia.

Para o investidor a principal vantagem para estes dois títulos esta na isenção do imposto de renda.

Assim como os CDB´s, esses títulos também contam com a garantia do FGC.

Fundos imobiliários

Fundos imobiliários são ativos de renda variável tal como as ações.

Um fundo imobiliário pode ser definido como uma comunhão de recursos de diferentes investidores para aplicar em ativos do ramo imobiliário.

Um fundo imobiliário pode por exemplo adquirir um shopping center, e lucrar com o recebimento de aluguel dos lojistas.

Ou ainda um fundo imobiliário pode adquirir um edifício corporativo, um centro logístico, ou até centros educacionais, e receber verbas através da locação destes espaços para empresas.

Esta renda obtida com o aluguel é então distribuída aos cotistas na forma de dividendos.

As principais vantagens dos fundos imobiliários são as seguintes: São menos voláteis que ações, pagam dividendos mensais e é comum as pessoas terem algum conhecimento de imóveis.

Por isso, investir em fundos imobiliários pode ser o ideal para os investidores iniciantes na renda variável.

Ações

Ações são a menor fração do capital social de uma empresa.

Através da bolsa de valores é possível se tornar um sócio das empresas de capital aberto, como a Ambev ou o banco Itaú.

Todo investidor iniciante deve buscar estudar as ações.

Afinal, este é o investimento que costuma apresentar o maior retorno no longo prazo.

A fortuna dos grandes investidores, geralmente, é criada na bolsa de valores. Como por exemplo, Luiz Barsi e Warren Buffett.

Para aprender mais sobre como selecionar ações, no vídeo abaixo são apresentados 3 critérios básicos:

Investimentos para Iniciantes – Conclusão 

conclusão sobre investimentos para iniciantesInvestir é uma prazerosa e compensadora arte.

Em suma, esse fenômeno pode ser resumido em ter paciência, disciplina e escolher bons ativos, tudo isso aliada a uma visão de longo prazo.

Sabe-se da dificuldade de quem pretende iniciar a sua jornada nos investimentos.

É muita informação ao mesmo tempo e, na maioria das vezes, muita confusão pode ser levantada para quem ainda não possui experiência nas finanças pessoais.

Entretanto, tomando como base as 7 dicas destacadas acima, certamente o caminho pode ser bastante facilitado no decorrer do tempo.

Na visão da Suno Research, esses são atributos que todo investidor de valor deve possuir e desenvolver para ter sucesso no mercado financeiro.

A estrada é longa, isso é fato, porém com os cuidados necessários tomados, com certeza a jornada de investimentos para iniciantes pode ser agradável e satisfatória para quem possui a serenidade e paciência dignos daqueles que obtiveram sucesso nessa empreitada ao longo da história.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.