investimento para jovens

A Suno já tratou neste espaço sobre vários tipos de aplicação financeira, então hoje vamos falar sobre investimento para jovens.

Desde cedo, as pessoas sonham em não ter mais o dinheiro como barreira para os nossos sonhos. Mas, antes de ficar rico com a bolsa, é preciso pensar em investimento para jovens.

Quanto antes se começa a investir, mais tempo o dinheiro terá para trabalhar por você. Então, uma boa opção de investimento para jovens, que dispõem do recurso temporal, são as aplicações de longo prazo. Delas, a com melhor retorno comprovado ao longo do tempo são as ações de empresas com potencial de valorização ou pagadoras de dividendos.

A Suno Research pode te ajudar nesse caminho com indicações de como começar a investir e quais ações com boas perspectivas de retorno.

Além das ações, outras formas conhecidas de investimento de longo prazo são:

  • Tesouro Direto;
  • Fundos de renda fixa;
  • Fundos de investimento;
  • CDB;
  • Letras de Câmbio Imobiliário e do Agronegócio (LCI e LCA);
  • Previdência Privada;

Cada uma delas tem seus pontos positivos e negativos.

Então, é preciso conhecer cada uma delas, bem como o que elas podem lhe proporcionar, antes de escolher qual será a mais adequada às suas necessidades.

Objetivos do investimento para jovens

investimento para jovens

Geralmente, o que nos leva a descobrir o mundo dos investimentos é a utilização deles para alcançar um objetivo.

Estes objetivos variam de acordo com cada pessoa, porém é comum que eles variem entre estabilidade, independência financeira e a realização de um sonho.

Em uma faixa de 18 a 30 anos, costumo encontrar quem queira fazer uma viagem (seja a passeio ou um intercâmbio), comprar a primeira casa ou até simplesmente deixar de depender os pais.

Assim como os alvos são diversos, as formas de atingi-los também são.

O perfil do investidor e o quanto ele tem para aplicar em um primeiro momento ajudarão a descobrir qual é a melhor opção para ele, naquele momento.

Investimentos para jovens visando a aposentadoria

investimento para jovens

Por mais que o jovem seja, em geral, um pouco mais imediatista quanto ao seu retorno, é preciso pensar em longo prazo.

Sabemos que o cenário brasileiro atual, no tocante à Previdência Social, não é dos mais animadores. Então, não dá mais para depender apenas do INSS para garantir uma velhice tranquila.

É real a necessidade de investir em alguma forma mais segura de garantia financeira para sua aposentadoria.

Mas nesta conta também precisamos calcular a idade com a qual este jovem investidor deseja não ter mais de trabalhar.

A idade mínima para a aposentadoria por idade pelo governo é de 65 anos para os homens e 60 para as mulheres.

No entanto, hoje o governo brasileiro também usa a uma média que considera o tempo de contribuição e a idade do contribuinte para permitir a entrada no processo de aposentadoria.

Só que, diferente dos nossos pais, são poucos os jovens hoje em dia que começam a trabalhar cedo, ainda na adolescência.

O que significa que muitos, de fato, só conseguirão se aposentar pelo governo, próximos aos 60 anos.

Os investimentos para jovens fazem com que o próprio investidor consiga se livrar dessa amarra temporal sem depender do Estado, obtendo sua própria renda.

Então, porque não se aposentar aos 45? Basta se planejar.

Investimentos para jovens para estudos

Fazer um curso de idiomas, uma graduação sanduíche, um MBA ou até mesmo tirar um ano sabático também são bons objetivos.

São metas de curto e médio prazo que também devem ser consideradas e, inclusive, alimentadas em paralelo à estabilidade financeira.

Assim, este jovem investidor pode traçar dois planos possíveis: garantir uma aposentadoria segura e ainda ter grandes experiências de vida durante o caminho.

Mesclar formas diversas de investimentos, ou até formas de um mesmo investimento, como o Tesouro Direto, é uma boa opção para alcançar todos os objetivos.

Inclusive, uma dica que eu dou para os jovens que desejam começar a investir é ter foco, mas também reservar uma parte das suas finanças para viver bem.

Abrir mão de sair de casa e ter momentos de lazer pode tornar a sua experiência em investimentos algo negativo, até frustrante.

Por isso, busque o equilíbrio.

Há uma série de opções para jovens que, por terem mais tempo para juntar estes recursos, também podem ter um processo mais simples.

Investimento para jovens deve ser algo prático e possível, para ajudá-lo a ter uma vida melhor, agora e no futuro.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.