Acesso Rápido

    Entenda o que é intraday e quais operações são realizadas em apenas um dia

    Entenda o que é intraday e quais operações são realizadas em apenas um dia

    No mercado financeiro, existem investidores que se focam especialmente em comprar e vender ações e títulos no mesmo dia. É o que o mercado chama de operação intraday.

    Isso é possível porque, devido a grande volatilidade do mercado, juntamente com o alto volume de operações diárias, o preço de um ativo pode variar radicalmente em apenas um dia. Por isso, o trade intraday é muito utilizado pelos investidores que buscam especular rapidamente com o mercado no curtíssimo prazo.

    O que é intraday?

    Intraday é o período de negociação de um dia na bolsa de valores. O termo se refere ao comportamento que os ativos negociados no mercado tiveram entre a hora de abertura até o fechamento do pregão. Em inglês, intraday significa “entre um dia e outro”.

    O intraday pode ser usado tanto para descrever tanto a cotação que o ativo teve ao longo do dia (preço intraday), quanto para se referir as operações que foram iniciadas e concluídas em um mesmo dia. A expressão “máximo intraday“, por exemplo, significa que um título está na sua maior cotação máxima durante o dia.

    Operações realizadas no intraday

    Day trade

    A conhecida operação de day trade está intimamente ligado ao intraday. Nesse tipo de estratégia, as ações são compradas e vendidas no mesmo dia de negociação. A intenção, nesse caso, não é de investir – mas sim de especular, aproveitando a movimentação do mercado.

    Por isso, no daytrade , os movimentos de preços e os gráficos intraday são usados ​​para determinar a hora correta de entrar ou sair de uma posição. Com base nessa análise, os traders implementam estratégias de negociação e lucram em cima das flutuações de preço de curto prazo.

    Opções e Derivativos

    As estratégias de intraday também são usadas para negociar opções e derivativos. Como uma opção, por exemplo não se valoriza tão rapidamente quanto sua respectiva ação, então os traders usam os preços de curto prazo para identificar períodos em que a opção está subavaliada.

    Scalper Trading

    O scalper trade, ou scalping, são o conjunto inúmeras operações de curtíssimo realizadas dentro do mesmo dia. Esse tipo de atividade foca em lucrar com as pequenas variações de preços de um ativo durante o pregão.

    Ou seja, no scalper, não interessa se o papel tem fundamentos sólidos e nem qual é seu histórico de cotação. Esse tipo de operação prioriza apenas o volume e a condição instantânea do ativo, com negociações que duram poucos minutos. Por isso, o scalper é feito com o auxílio de softwares de trade avançados e programas de análise gráfica.

    HTF (High Trade Frequency)

    Como o próprio nome sugere, o HFT é uma estratégia de negociação de alta frequência. Ele utiliza algoritmos complexos e um altíssimo volume de negociações para explorar as micro variações de preços durante o dia.

    Por acontecer em um ritmo e volume muito mais acelerado do que o scalper trading, o HTF é executado por investidores-robôs, que trabalham de forma automatizada de acordo com o que for programado. Normalmente, só tem acesso a esse tipo de operação as instituições financeiras ou grandes investidores institucionais.

    Como os especuladores utilizam os gráficos intraday para operar

    O movimento de preços são especialmente importante para traders que especulam no curto prazo. Normalmente, esse tipo de investidor utiliza gráficos intraday de 1, 5, 15, 30 e 60 minutos para comprar e vender ações e derivativos durante o dia. Nesses casos, os gráficos de um e cinco minutos são usados para operações de scalper, e os gráficos de 30 e 60 minutos são usados para day trade.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *