Indicadores de estrutura de capital
Por: Tiago Reis

Indicadores de estrutura de capital: saiba o que são e como são calculados

Em uma empresa, a estrutura de capital influi diretamente no custo e no valor do capital. Nesse contexto, os indicadores de estrutura de capital são utilizados para auxiliar na avaliação financeira da organização.

Por isso, ao se estudar a situação de uma empresa, é essencial incluir os indicadores de estrutura de capital dentro de qualquer análise financeira. Isso é importante principalmente para entender como anda a capacidade da empresa em honrar suas dívidas.

O que são os indicadores de estrutura de capital?

Os indicadores de estrutura são um conjunto de dados financeiros que revelam a condição da empresa em lidar com o seu nível de endividamento. Eles indicam tanto o tamanho da dívida quanto a capacidade da empresa em pagá-la

Logo, dentre outras coisas, os indicadores financeiros de estrutura de capital possibilitam avaliar:

  1. A posição de endividamento: quanto capital de terceiros a empresa está utilizando;
  2. A capacidade de a empresa gerar caixa para pagar juros e outras dívidas;
  3. A capacidade de a empresa conseguir fazer com que suas atividades cresçam de forma sustentada. .

Entendendo a estrutura de capital de uma empresa

indicadores financeiros de capital

Há duas fontes de capital em uma empresa: o capital de terceiros e o capital próprio. Entretanto, a maneira como a empresa combina estes dois tipos de capital é que forma a estrutura de capital dela.

Sendo assim, pode-se dizer que a estrutura de capital de uma empresa inclui:

  • Dívida de longo prazo;
  • Dívida de curto prazo;
  • Patrimônio dos acionistas.

Uma empresa financiada em grande parte pelas dívidas apresenta uma gestão mais ousada. Isso aumenta os riscos dos investidores do negócio.

No entanto, como em qualquer investimento, mais riscos significam maiores possibilidades de lucros, ou seja, de crescimento da empresa no futuro.

Indicadores financeiros de estrutura de capital

Na análise financeira de uma empresa, os indicadores financeiros de estrutura de capital avaliam o endividamento e a capacidade de gerar caixa suficiente para juros e outras dívidas.

Dois tipos de indicadores financeiros de estrutura de capital mais utilizados são:

  • Endividamento total/patrimônio;
  • Índice de cobertura de juros.

Índice de endividamento total/patrimônio

A avaliação da estrutura de capital envolve o índice de endividamento total e do patrimônio, e mostra a relação entre o que os acionistas investiram e o que a empresa está devendo a terceiros.

No caso de este índice se mostrar elevado, significa dificuldades para a empresa conseguir financiamentos ou gerar caixa — uma vez que grande parte do lucro se destina a pagar juros e o principal das dívidas.

Índice de cobertura de juros

Este índice mensura a capacidade de uma empresa pagar os juros de sua dívida, dispostos em contrato, sem que comprometa a geração do caixa.

Uma empresa pode ter alto endividamento, mas boa cobertura de juros. Neste caso, o elevado endividamento muitas vezes se dá em razão de estratégias da organização para encontrar formas de financiamento com menos custos.

Para calcular o índice de cobertura de juros, pode ser utilizada a seguinte fórmula:

  • Índice de cobertura de juros = Lucro antes dos juros e impostos (EBIT) / Despesas financeiras brutas;

Dessa forma, pode-se dizer indicadores de estrutura de capital são importantes para embasar qualquer análise sobre o endividamento e a liquidez de uma empresa. Para saber mais sobre esses e outros indicadores, acesse o nosso minicurso gratuito de Contabilidade para Investidores e entenda melhor como analisar o balanço e as demonstrações financeiras de um negócio.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs