Acesso Rápido

    IGMI-C: entenda mais sobre o Índice Geral do Mercado Imobiliário Comercial

    IGMI-C: entenda mais sobre o Índice Geral do Mercado Imobiliário Comercial

    Para os investidores de renda variável, sobretudo dos fundos imobiliários, existem diversos indicadores de mercado que são essenciais para avaliar quais são os melhores investimentos. Dentro desse cenário, conhecer o que é o IGMI-C e como ele funciona é de fundamental importância.

    Afinal, o IGMI-C é um dos mais importantes indicadores econômicos-financeiros relacionados ao mercado imobiliário nacional.

    O que é o IGMI-C?

    O IGMI-C é o Índice Geral do Mercado Imobiliário Comercial. Basicamente, o índice IGMI busca demonstrar da forma mais completa possível, a valorização e o rendimento gerado pelos imóveis comerciais em determinado período.

    O índice foi criado e lançado pelo FGV (Fundação Getúlio Vargas) e tem como um dos seus maiores apoiadores a Bovespa, atual B3, o que demonstra a grande relevância deste indicador para o mercado financeiro.

    E-book: Investindo em Fundos Imobiliários

    Baixe gratuitamente nosso ebook sobre os Fundos Imobiliários e conheça a forma mais simples e efetiva de se investir em imóveis!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Qual é o objetivo do IGMI-C?

    Diversos são os índices do mercado financeiro. Cada um busca demonstrar algum tipo de informação específica para o investidor.

    No caso do índice IGMI-C, o mercado em foco é, obviamente, o mercado imobiliário comercial.

    Logo, é possível destacar como principais objetivos do índice IGMI-C:

    • Ser referência para investidores no setor de imobiliário, traduzindo momentos de alta e baixa no mercado de imóveis;
    • Ser referência na análise macroeconômica, analisando a variação no valor de ativos reais e de extrema importância para a economia brasileira.

    Como o índice é calculado?

    Para, de fato, compreender um índice do mercado financeiro, é interessante entender como tal indicador é calculado e/ou composto.

    No caso do IGMI-C, a divulgação do resultado do índice é feita de 3 formas distintas: retorno da renda, do capital e total.

    • Retorno da renda em t = ROLt / (Vt-1 + It)
    • Retorno do capital em t = [(Vt – Vt-1) – It + At] / (Vt-1 + It)
    • Total em t = Retorno da renda em t + Retorno do capital em t

    Aqui, “ROL” é Receita Operacional Líquida, “V” é Valor avaliado do empreendimento, “I” é Investimentos em reformas e otimizações e, por fim, “A” é Alienações totais ou parciais.

    Portanto, diferente de outros índices do mercado financeiro que são compostos por vários ativos da bolsa, a composição do IGMI é constituída pela fórmula descrita acima.

    Conhecer os indicadores financeiros e econômicos é extremamente importante. Quer entender mais sobre economia para ter sucesso nos investimentos? Baixe o Ebook de Economia Para Investidores.

    É possível investir no IGMI-C?

    O IGMI-C é um indicador financeiro, e não um ativo que pode ser comercializado na bolsa de valores.

    Além disso, não existe nenhum investimento que seja referenciado ao índice, como um ETF, por exemplo.

    Portanto, não é possível que o investidor tenha a sua rentabilidade atrelada ao índice geral do mercado imobiliário.

    Todavia, é importante destacar que, mesmo assim, o índice tem grande relevância analítica para fundamentar as decisões de investimento.

    O mercado imobiliário é de extrema relevância para os investimentos de renda variável.

    Ao analisar o histórico do IGMI, o investidor pode entender momentos de alta e baixa no mercado imobiliário, analisando o padrão histórico e, assim, fundamentar mais profundamente algumas decisões na gestão pessoal de seus investimentos.

    Este artigo te ajudou a entender melhor o que é o IGMI-C? Deixe suas dúvidas nos comentários.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *