Acesso Rápido

    HGBS11: Veja como é possível investir em shopping centers

    HGBS11: Veja como é possível investir em shopping centers

    CSHG Brasil Shopping, negociado com o código (ticker) HGBS11, é o maior Fundo Imobiliário de Shoppings Centers negociado na B3.

    O HGBS11 lidera não só em termos de Patrimônio Total, como também em relação à ABL (Área Bruta Locável), fazendo com que o seja o FII mais bem posicionado no IFIX no segmento de shoppings / varejo.

    HGBS11 é um fundo imobiliário tem 08 ativos em seu portfólio (ABL própria na ordem de 109 mil m²), distribuídos em 04 estados brasileiros: São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Rio Grande do Sul, fazendo com que a pulverização de Receitas Imobiliárias seja notoriamente alta:

    1. Tivoli Shopping Center (59%) – 158 operações
    2. Shopping Center Penha (87%) – 208 operações
    3. Shopping Parque Dom Pedro (10%) – 394 operações
    4. Via Parque Shopping (16%) – 239 operações
    5. Goiabeiras Shopping Center (54%) – 187 operações
    6. Mooca Plaza Shopping (20%) – 275 operações
    7. São Bernardo Plaza Shopping (35%) – 236 operações
    8. I Fashion Outlet – Novo Hamburgo (49%) – 91 operações

    O Fundo iniciou suas atividades em 2006 e está na 6ª Emissão de Cotas, sendo o primeiro FII lançado pela CSHG, cuja premissa é a exploração de ativos construídos com ao menos 15 mil m² (ABL) e que estejam localizados em regiões com área de influência mínima de 500 mil habitantes e, além disto, sejam administrados por empresas especializadas.

    Em sua Política de Investimentos, encontramos o mandato da Gestão Ativa, isto é, a possibilidade de trocar ativos internamente a fim de se apurar ganho de capital com certa recorrência, gerando valor adicional aos cotistas.

    Oportunamente, o Gestor adquire cotas de outros Fundos Imobiliários Listados no mercado secundário, além de CRIs lastreados no segmento de shoppings, como estratégia secundária de alocação.

    A liquidez de HGBS11 é boa frente a seus pares, oferecendo ao cotista a possibilidade de ter um portfólio diversificado e com relação de risco/retorno compatível com o patamar encontrado em operações de varejo.

    Dados HGBS11

    • Administrador / Gestor: CSHG (Credit Suisse Hedging Griffo)
    • Segmento: Shoppings Centers / Varejo
    • Patrimônio Total: R$ 1,2 bilhão
    • Taxa de Administração e Gestão: 0,6% ao ano
    • Taxa de Performance: Não há
    • Início do Fundo: 2006
    • Número de Cotistas: 7.291
    • Número de Cotas do HGBS11: 5.374.920
    Tags
    Marcos Baroni
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *