Acesso Rápido

    O que é o FOMC e por que ele é tão importante para a economia dos EUA?

    O que é o FOMC e por que ele é tão importante para a economia dos EUA?

    Frequentemente os jornais brasileiros noticiam a decisão do Banco Central sobre a taxa de juros básica da economia. Porém, assim como acontece no Brasil, esse tipo de reunião periódica para decidir os rumos da economia também acontecem na maioria dos países do mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, essa função cabe ao FOMC – o Federal Open Market Committee.

    Logo, pode-se dizer que o trabalho do FOMC é muito semelhante ao do COPOM (Comitê de Política Monetária) do Brasil. Em ambos os casos, os dois órgãos atuam como o braço direito do Banco Central nas questões de política monetária – principalmente em relação a definição da taxa de juros básica.

    O que é o FOMC?

    O FOMC (Federal Open Market Committee, ou Comitê Federal de Mercado Aberto), é o comitê encarregado de supervisionar e controlar as operações de mercado aberto do sistema financeiro americano.

    Considerado o órgão de política monetária mais importante do Federal Reserve (o Banco Central dos EUA), o FOMC é responsável por tomar as principais decisões sobre as taxas de juros e o crescimento da oferta de moeda dos Estados Unidos.

    Qual a função do FOMC?

    A principal função do FOMC é determinar a meta de juros de curto prazo para as operações de mercado aberto do Fed. A princípio, será essa meta que servirá de referência para a taxa dos fundos federais (os juros que os bancos comerciais cobram entre si nos empréstimos overnight). Por isso, pode-se dizer que o FOMC define, de forma indireta, a taxa de juros básica da economia americana.

    Ou seja, através das decisões do FOMC de baixar ou subir a meta da taxa de juros dos EUA, o FED consegue regular a quantidade de dólares circulando no mercado, bem como o seu custo de aquisição. Com isso, o comitê pode tentar controlar a inflação em momentos de alta de preços ou fomentar o crescimento em períodos de desaceleração da economia.

    Quem participa do FOMC?

    O FOMC é composto por 12 membros votantes. São eles: o presidente do Fed de Nova York, 7 conselheiros do Federal Reserve Board e 4 dos 11 presidentes dos demais Reserve Banks, em mandato rotativo. O comitê se reúne oito vezes por ano, o que equivale a uma reunião a cada seis semanas.

    Devido a confidencialidade das decisões do FOMC, a participação nas reuniões é restrita. Dessa forma, o acesso é limitado a membros do Comitê, se estendendo aos presidentes dos Reserve Banks não membros, funcionários da equipe econômica do Fed, e demais profissionais relacionados.

    fomc

    Como funcionam as reuniões do FOMC?

    Antes de cada reunião do FOMC, a equipe de economistas do Fed prepara relatórios sobre a conjuntura econômica da economia americana, além de elaborar diversas projeções futuras de indicadores macroeconômicos internos e externos. Em seguida, essas informações são enviadas aos membros do Comitê e aos presidentes não-membros do Reserve Bank.

    Na reunião em si, os membros da equipe apresentam relatórios orais sobre a situação atual e futura dos negócios, sobre as condições nos mercados financeiros e sobre a evolução financeira internacional.

    Como o FOMC formula suas decisões?

    A partir disso, o Comitê entra em discussão para formar uma decisão sobre a queda, manutenção ou alta da taxa básica de juros. Para isso, é feito um debate que leva em conta diversos fatores, como tendências de preços e salários, emprego e produção, renda e gastos do consumidor, construção residencial e comercial, investimentos e inventários empresariais, mercados de câmbio, taxas de juros, agregados monetários e de crédito e política fiscal.

    Dessa forma, cada participante expressa suas próprias visões sobre o estado da economia e as perspectivas para o futuro e sobre a direção que considera mais apropriada para a política monetária. Em seguida, cada um deles faz uma recomendação mais explícita sobre a política para o período de vigência da taxa (e, a longo prazo, se estiver em consideração).

    Finalmente, o FOMC se reúne e define, através de uma votação, qual o curso apropriado para a política monetária – estabelecendo a meta para taxa de juros a ser praticada no mercado aberto pelo Fed até a próxima reunião.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *