Acesso Rápido

    Fiikipedia: Somos 140 mil investidores

    Fiikipedia: Somos 140 mil investidores

    Quando a Suno Research começou no mercado durante o primeiro trimestre de 2017, a quantidade de pessoas que aplicavam seus recursos em Fundos Imobiliários era pouco superior a 90 mil investidores.

    E agora, conforme o último Boletim de Mercado veiculado pela B[3] (ref. Mar/18), pudemos perceber um avanço significativo: somos hoje pouco mais de 140 mil investidores que buscam os Fundos Imobiliários como alternativa dentre as opções disponíveis no mercado de capitais.

    O aumento desde o início da Suno Research foi na ordem de 50%.

    Claro que não somos os únicos responsáveis por toda esta evolução, mas sabemos que, de alguma forma, temos contribuído para o aumento desta base.

    E cada vez mais, nossa responsabilidade se torna ainda maior, pois a quantidade de investidores sem experiência em relação ao produto também se torna maior, e é o nosso dever dar orientação a fim de trazer maturidade para todos aqueles que fizeram esta opção.

    É um trabalho árduo e incessante.

    Não podemos descuidar 1 minuto e temos de ter cada vez mais consciência da dimensão e responsabilidade do nosso trabalho junto a todos que nos acompanham todos os dias.

    É evidente que todo o crescimento desta base reflete no tamanho do mercado em si, isto é, o Patrimônio Líquido está evoluindo mês a mês. Observe, portanto, que é um ciclo virtuoso onde a indústria de Fundos Imobiliários é a principal beneficiada.

    Um ponto de extrema importância a ser colocado é que temos uma evolução plena e consolidada no Volume e Liquidez dos Fundos Imobiliários, muito embora ainda somos “pequenos” dentro daquilo que entendemos que seja o ideal para a consolidação plena da indústria.

    Uma curiosidade a observar é que todos os FIIs listados negociam a cada dia menos que apenas uma única ação “bluechip” (Ex.: Itaú, Bradesco, etc.) dentro da Bovespa. Isso denota cada vez mais a importância de crescermos de forma sustentável, ancorando-se em premissas de qualidade.

    No Gráfico logo abaixo, é possível constatar que já superamos a média histórica de 2013 no que tange a Média Diária de Negociação.

    Além disto, o Volume no primeiro trimestre já indica que devemos também superar o topo até o final deste ano, até porque o Volume Mensal tem sido visivelmente crescente.

    Vale ponderar ainda que os FIIs mais negociados este ano foram: KNCR, BBPO, BRCR, GGRC, KNRI, BCFF, HGBS, VISC, HGRE e MFII.

    É interessante observar que temos uma lista bastante heterogênea com Fundos de Papel, Agências Bancárias, Lajes Corporativas, FOFs (Fundos de Fundos), Shoppings Centers e Desenvolvimento Imobiliário.

    Isso denota cada vez mais que temos uma indústria de FIIs com várias verticais a serem exploradas ao longo do tempo.

    Cada um fazendo sua parte e construindo um “tijolinho” a cada dia: essa é nossa visão de perenidade para os Fundos Imobiliários no Brasil e trabalhamos com muita dedicação para que isto se torne realidade.

    ESPERO POR VOCÊ!

    Participe de nossas Lives no Canal do Youtube da Suno Research sobre Fundos Imobiliários às quintas-feiras às 21h e aproveite para tirar ainda mais dúvidas sobre tudo que foi abordado neste artigo.

    Nesta semana, excepcionalmente, não teremos a nossa tradicional Live, mas convido a todos vocês a assistirem as 02 entrevistas que foram realizadas na semana passada: Paulo Ocaba (ClubeFii) e Rodrigo Medeiros (DesmistificadoFii). Pudemos aprender muitas coisas legais!!

    Além disto, temos Relatórios e Radares bem completos que são publicados semanalmente, trazendo destaques dos principais Fundos Imobiliários negociados no mercado brasileiro.

    Marcos Baroni
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *