FIDC - Fundo de Investimentos em Direito Creditório
Por: Tiago Reis

FIDC (Fundo de Investimentos em Direito Creditório): entenda este ativo

O FIDC é a sigla utilizada para abreviar a expressão Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios e este é, por sua vez, um tipo de investimento de renda fixa que apresenta uma baixa classificação de risco.

Dessa forma, este ativo, o FIDC, pode oferecer, a médio ou a longo prazo, uma rentabilidade superior ao CDI (Certificado de Depósitos Interbancários).

Características

Este ativo apresenta uma característica bastante marcante, que é o fato de aplicar, normalmente, em recebíveis de uma determinada empresa, ou seja, contratos de alugueis, cheques, duplicatas a receber, entre outros.

Outros pontos a se destacar se fazem na peculiaridade de não ser possível um investidor aplicar neste ativo com uma quantia menor que R$ 25 mil, e também não possuir a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) nessa modalidade de aplicação, por isso a importância de se analisar muito bem e de maneira premeditada os riscos do FIDC a qual o investidor possua interessa na aplicação.

Normalmente, este tipo de investimento capta recursos do mercado – ou seja, dos investidores – por meio de cotas, que podem ser, usualmente, sêniores ou subordinadas, e que determinam a prioridade na amortização do resgate da aplicação.

FIDC – Cotas Sêniores

As cotas sêniores são, por definição, pagas primeiro, podendo o capital ser resgatado no mesmo dia do término da carência.

Em outras palavras, seria como dizer que essas cotas possuem “preferência” no que diz respeito ao pagamento desses direitos.

FIDC – Cotas Subordinadas

No caso das cotas subordinadas, estas só podem serem resgatadas ao final do investimento pois elas são, geralmente, vinculadas às contas sêniores e, por isso, tendem a ser um pouco mais “arriscadas” aos olhos do mercado.

Uma atenção aos FIDCs

Este tipo de ativo é voltado para investidores qualificados e, portanto, é necessário que o investidor pessoa física comum fique bastante atento ao regulamente e ao prospecto dos fundos antes de se tomar qualquer atitude em relação a esta aplicação financeira.

Outros pontos importantes

Por serem uma “comunhão” de recursos, os FIDCs são isentos de cargas tributárias, o que faz com que se elimine os custos fiscais para este tipo de ativo do mercado financeiro.

Ainda, todo fundo de investimento, de maneira geral, necessita de ter um administrador e, nesse caso, os FIDCs não são uma exceção.

Entretanto, esse administrador, neste caso, precisa ser uma instituição financeira – bancária ou não bancária – e dessa forma, é possível que se tenha, para esses ativos, bancos (comerciais ou de investimentos), uma corretora de valores, ou qualquer outra entidade dessa natureza equiparada.

Há de se destacar, também, que, de maneira geral, o administrador desse fundo é denominado Asset Management, que seria, em outras palavras, o administrador legal desse fundo.

Conclusão

Esses ativos são, como tantas outras alternativas presentes no mercado financeiro brasileiro, mais um produto classificado como de renda fixa e que, como todos os demais, apresenta uma série de particularidades e peculiaridades bastante individuais no que diz respeito as suas características.

Por isso, é de extrema importância que todo investidor, de maneira antecipada, procura esclarecer todas as dúvidas e questionamentos antes de se decidir aplicar os seus recursos em algum FIDC. Para isso, uma consultoria especializada no assunto é uma boa alternativa para se sanar tais inquietações.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Victor Ferreira 6 de março de 2020

    Boa tarde.

    Poderia citar algumas empresas que negociam Fundo de Investimento em Direitos Creditórios. Um exemplo prático.

    Muito obrigado.

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

209 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs
revenue

Minicurso Gratuito

Invista
No Tesouro
Direto

Aprenda tudo o que você precisa sobre um dos investimentos mais populares e seguros do Brasil

Frame

NÃO VÁ EMBORA AINDA...

Inscreva-se e receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!