Acesso Rápido

    Veja o Faturamento Lojas Americanas e descubra o que faz ele crescer

    Veja o Faturamento Lojas Americanas e descubra o que faz ele crescer
    faturamento lojas americanas

    Você já passou em frente à alguma Lojas Americanas, certo? Se além de passar em frente você fez compras no estabelecimento, você contribuiu para o faturamento Lojas Americanas.

    O faturamento Lojas Americanas costuma apresentar números expressivos, como resultado da grande escala que a companhia possui no Brasil.

    As Lojas Americanas possui uma estrutura múltipla e complementar de vendas.

    Além da rede de lojas físicas a Companhia opera também com a B2W Digital para alcançar os seus clientes via internet, TV, televendas, catálogos e quiosques, que complementam a oferta de produtos nas lojas físicas.

    A B2W Digital é líder na América Latina e tem como propósito conectar pessoas, negócios, produtos e serviços em uma plataforma digital.

    A B2W possui marcas reconhecidas na internet, são elas:

    A participação da Lojas Americanas na B2W Digital era de 62,02% em 31 de outubro de 2017.

    As Lojas Americanas tem também um modelo Express para suas lojas físicas.

    Este modelo apresenta um sortimento adequado às características e demandas dos locais e ao perfil do consumidor, que tem à mão produtos de conveniência no bairro onde mora ou perto do trabalho.

    Este modelo comercializa até 15 mil itens selecionados de acordo com o perfil da loja, e o espaço de vendas conta em média com 400 metros quadrados, além disso a logística é de manter baixo o nível de estoque.

    Justificativas do Faturamento Lojas Americanas

    Receita e Ebitda lojas americanas
    Receita e Ebitda – Release da empresa

    Como é possível ver pela imagem, a receita das Lojas Americanas apresentou crescimento satisfatório ao longo dos anos, assim como seu EBITDA.

    Mas qual foi a causa deste crescimento?

    Boa parte do crescimento do faturamento anual das Lojas Americanas se deu pelo aumento do número de lojas. A empresa vem empregando forte esforço em elevar o número de pontos no país nos últimos anos.

    Inclusive dando prioridade às cidades nas quais as lojas da empresa ainda não estão presentes.

    Em 2017, por exemplo, foi inaugurado o número recorde de 195 lojas, totalizando 1.306 lojas ao final deste ano, presentes em 522 cidades.

    Durante o mesmo ano, a Companhia abriu a sua primeira unidade em 85 novas cidades, buscando oferecer produtos de baixo preço à população local.

    Rentabilidade das Lojas Americanas

    ROE Lojas Americanas - Fundamentus
    ROE Lojas Americanas – Fundamentus
    ROIC Lojas Americanas
    ROIC Lojas Americanas – Fundamentus

    Se a Lojas Americanas tem se expandido de forma tão expressiva nos últimos anos, tanto em receita quanto em número de lojas, a empresa é um ótimo negócio, certo?

    A resposta é não necessariamente. Apenas o crescimento não basta, é importante que este seja feito de forma rentável.

    Dois ótimos indicadores de rentabilidade de um negócio são o ROE e o ROIC.

    É visível nas imagens acima como os dois importantes indicadores vem decaindo nos últimos anos. Isto indica perda de rentabilidade da companhia, e não costuma ser um bom sinal.

    Margens das Lojas Americanas

    Margens Lojas Americanas
    Margens Lojas Americanas – Fundamentus

    Outro fator importante de se analisar ao estudar qualquer empresa é sua margem de lucros.

    As Lojas Americanas atua no setor de varejo, que é conhecido historicamente por apresentar margens muito baixas.

    Isto não costuma ser um bom sinal ao investidor, pois indica fraca vantagem competitiva.

    A empresa tem tido sucesso em manter suas margem EBIT estável entre 10% e 15%, mas este não é um indicador elevado.

    E devido à grande concorrência do varejo, é difícil que esta margem se eleve de forma significativa.

    Conclusão sobre o faturamento Lojas Americanas

    Lojas AmericanasAs Lojas Americanas possuem grande escala no país, estando presente em boa parte do território nacional.

    Além disso, a empresa opera no cenário digital com marcas bem reconhecidas pela população.

    No entanto, a companhia apresenta queda de seus indicadores de rentabilidade e atua em um setor com margens de lucratividade não muito elevadas. Portanto, o faturamento Lojas Americanas torna-se difícil de prever em um horizonte de tempo mais longo. Assine a Suno e veja nossas análises de empresas rentáveis e boas opções para o acionista de longo prazo!

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *