Acesso Rápido

    Faturamento e lucro do Itaú: Um dos bancos mais rentáveis do mundo

    Faturamento e lucro do Itaú: Um dos bancos mais rentáveis do mundo
    faturamento e lucro do Itaú

    O banco Itaú é um dos bancos mais rentáveis do mundo. O faturamento e lucro do Itaú, por isto, torna-se bastante expressivo.

    Embora propriamente bancos não tenham faturamento, podemos aproximar o faturamento do Itaú para as suas receitas geradas através de serviços, tarifas e intermediação financeira.

    Já o Lucro do Itaú mostra, além do faturamento do Itaú gerado pelos serviços, tarifas e intermediação financeira, todo o potencial das operações de crédito da empresa.

    O Itaú é o banco de maior patrimônio líquido no país, superando concorrentes de peso como o Bradesco, Santander e Banco do Brasil.

    O Banco usufrui de seu grande poder de escala para elevar ao máximo o lucro Itaú, tornando-se assim uma das empresas mais atrativas neste setor em todo o mundo.

    Além da grandeza de suas operações, o banco impressiona pela sua eficiência.

    Os destaque no balanço de 2017 foram:

    • Lucro líquido de R$ 24,8 bilhões, um aumento de 12,3% em relação ao ano anterior;
    • Redução de R$ 7.089 milhões das despesas com provisões para créditos de liquidação duvidosa, em linha com a melhora da inadimplência observada principalmente no Brasil.

    Faturamento do Itaú – Justificativas

    Faturamento Itaú
    Retorno das ações Itaú – Fundamentus

    É comum no mercado de capitais empresas crescerem enquanto perdem o seu nível de rentabilidade.

    O que torna este banco único para seus investidores é que o lucro Itaú manteve o seu nível de rentabilidade altíssimo enquanto a empresa crescia de forma relevante.

    Crescer com rentabilidade, pode-se dizer, é a chave do sucesso para qualquer empresa, e isto contribui para o faturamento do Itaú.

    O banco se beneficia também de uma concorrência não muito acirrada no setor.

    Quando comparado com outros países mais desenvolvidos, o setor bancário destes possui inúmeras empresas competindo vorazmente por seus clientes.

    Este ambiente de forte competitividade causa perda de margens para as empresas, que tem que cada vez mais baixar os seus preços e taxas para manterem clientes.

    Este é um raciocínio bastante intuitivo.

    Imagine que só você esta vendendo um determinado produto em um local onde as pessoas demandam extremamente este produto.

    Você pode, portanto, vender o seu produto ao preço que achar melhor que existirão pessoas dispostas a comprar.

    Imagine agora que ao seu lado existem mais 100 pessoas vendendo o mesmo produto que o seu.

    Agora você já não pode selecionar o preço que desejar, pois a pessoa ao seu lado pode vender mais barato.

    Pois bem, o primeiro exemplo é um monopólio, e o segundo um mercado competitivo.

    E onde está o Itaú?

    O Itaú é possível afirmar que atua em uma espécie de oligopólio. Um meio termo entre mercado competitivo e monopólio.

    Com a concorrência não tão acirrada, o Itaú pode cobrar boas taxas de crédito e tarifas, melhorando assim o faturamento e lucro do Itaú.

    Dividendos do Itaú

    faturamento e lucro do Itaú
    Lucros e dividendos – Fundamentus

    É fácil perceber pela imagem que o Itaú é um ótimo pagador de dividendos.

    Isto se dá pelo motivo que o lucro do Itaú é bastante expressivo, o que permite que a empresa distribua dividendos generosos ao seu acionista.

    Por atuar ainda em um setor que não é de capital intensivo, isto é, que não demanda muito recurso investido para crescer, o banco pode se dar ao luxo de distribuir boa parte do faturamento do Itaú ao seu acionista.

    Faturamento e lucro do Itaú – Conclusão

    ItaúNão há dúvidas que o Itaú é um excelente banco.

    Atuando em um setor com a competição não muito acirrada e com uma gestão que demonstra muita competência em melhorar os resultados da empresa, o banco ganhou notoriedade mundial.

    Inclusive, figurando entre os bancos mais rentáveis do mundo.

    Sendo assim, é fácil perceber porque o faturamento e lucro do Itaú são tão expressivos e porque o banco tem entregue bons retornos aos acionistas.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *