EVEBITDA

Tomo mundo já ouviu falar na relação preço lucro. Mas e o EV/EBITDA? Você sabe o que é?

O EV/EBITDA é um indicador bastante útil na análise de comparação de múltiplos.

Então, basicamente esse indicador é formado por dois componentes:

  • Enterprise Value (EV)
  • Earnings Before Interest, Taxas, Depreciation and Amortization
  • (EBITDA)

O EV, também chamado de Valor da Firma, é formado por três componentes:

  1. + Valor de Mercado
  2.  + Valor das Dívidas
  3.  – Caixa e Equivalentes de Caixa

Ou seja, o EV dá uma ideia de quanto custaria para comprar todos os ativos da companhia, descontado o caixa (troco).

Por outro lado, o EBITDA é um indicador útil para estimar a geração de caixa de uma companhia.

Calculando na prática – Randon

EVEBITDA da randonVamos calcular agora o indicador para o caso da Randon. (  ( )

No dia 19/04/2018, as ações ON eram cotadas a R$ 6,19 e as PN a R$ 8,7.

Como a companhia tem 116.516.000 ações ON e 229.260.000 ações PN, então o valor de mercado seria:

Valor de mercado = R$6,19 *116.516.000 + R$ 8,7*229.260.000 = R$ 2,72 bilhões

Já para o cálculo do valor das dívidas, devemos olhar no último balanço patrimonial divulgado. Ou seja, a companhia tinha R$ 2,21 bilhões de empréstimos, financiamentos e debêntures, já considerando as dívidas de curto prazo e longo prazo.

E além disso, encontramos também no balanço quanto a companhia tinha de caixa. Ou seja, havia R$ 1,0 bilhão de disponibilidades.

Assim, já temos tudo que precisamos para calcular o numerador.

Isto é , EV = R$ 2,72 +R$ 2,21 – R$ 1,00 = R$3,93 bilhões

Por outro lado, o EBITDA atual da companhia, considerando os últimos 12 meses, foi de R$ 308,22 milhões.

Portanto, o EV sobre EBITDA dá R$ 3,93/R$ 0,308 = 12,76.

Vantagens e Desvantagens

Vantagens e desvantagens do EVEBITDAEsse indicador possui algumas vantagens em relação ao P/L:

  • Quase sempre é positivo
  • Permite comparar empresas com diferentes estruturas de capital e tributação
  • Elimina efeitos que não afetam o caixa da companhia (como depreciação, amortização).
  • Permite comparar empresas nacionais com internacionais

Todos esses fatores elencados acima fazem com que esse indicador seja também muito utilizado em processos de fusões e aquisições.

O motivo disso é que as companhias que estão negociando podem ter diferentes níveis de endividamento e alíquotas de impostos diferentes. Por isso se utiliza um indicador que seja o mais próximo de ser universal.

Além disso, se uma mesma companhia muda o seu nível de endividamento ao longo dos anos, é interessante utilizar esse indicador para comparar períodos diferentes.

Por outro lado, esse indicador também tem seus defeitos.

Se a empresa estiver muito alavancada financeiramente, pagando muitos juros, pode estar dando prejuízos. E assim, o indicador falhará em mostrar isso.

Além disso, o EBITDA não é uma medida correta da verdadeira geração de caixa livre para o acionista, pois ignora os juros pagos, a receita financeira, os tributos recolhidos, o investimento em capital de giro e manutenção de CAPEX.

Conclusão sobre o EV/EBITDA

conclusão EVEBITDAEV/EBITDA é um excelente indicador para avaliar empresas de diferentes países, com níveis de endividamento e tributação diferentes. Apesar disso, esse índice ignora juros,tributos,investimento em capital de giro e CAPEX. Por esses motivos, sua análise deve ser feita em conjunto com outros indicadores fundamentalistas.

Compartilhe a sua opinião
Rodrigo Wainberg

Rodrigo Wainberg

Profissional aprovado no Level III da certificação CFA, investidor em ações há 6 anos, possui registro de Analista e Consultor de Valores Mobiliários, e é Bacharel em Física pela UFRGS.