Acesso Rápido

    Euribor: entenda como funciona a European Interbank Offered Rate

    Euribor: entenda como funciona a European Interbank Offered Rate

    Em uma economia, a taxa de juros interbancária (ou seja, os juros cobrados nas operações de empréstimo entre os bancos) acaba servindo, indiretamente, como uma taxa de referência para toda a economia. No Brasil, essa taxa é a taxa SELIC. Na Europa, essa taxa é a Euribor.

    A Euribor foi criada para ser uma taxa confiável e que passa credibilidade para as instituições bancárias europeias. Ela também serve para auxílio no financiamento de imóveis se ajustada com a TAN – Taxa Anual Nominal. Ambas são referência para concessão de crédito no mercado.

    O que é Euribor?

    A Euribor (European Interbank Offered Rate) é a taxa interbancária do euro. Ou seja, a taxa Euribor é a taxa utilizada pelos bancos da Zona do Euro nas operações de empréstimo entre si, que são intermediados pela European Banking Federation.

    A European Banking Federation representa mais de 32 associações bancárias na União Europeia. A partir dessas operações realizadas entre essas instituições, é possível calcular a média de juros dos bancos europeus.

    Como funciona a Euribor?

    A Euribor é calculada através das operações realizadas pelas instituições que possuem boa saúde financeira e selecionadas pelo European Banking Federation.

    Logo, a taxa de juros de cada instituição selecionada serve como referência para o cálculo de juros da Euribor. Podem ser calculados, para 1 semana, 1 mês, 3 meses, 6 meses ou 12 meses.

    Para calcular cada taxa, é selecionado a média dos juros dos bancos selecionados pela European Banking Federation, onde será excluído 15% das taxas mais altas e baixas. O resultado será ajustado ou arredondado, sendo considerado somente 3 decimais do cálculo.

    A taxa Euribor é fixada diariamente às 11 horas do horário de Lisboa e transmitidas ao público no dia posterior.

    A lei da oferta e demanda é interferencial na Taxa Euribor. Além disso, fatores macroeconômicos também podem influenciar no comportamento dessa taxa. Ou seja, os cenários positivos ou negativos da economia como um todo podem ser catalisadores para as referências das taxas de juros dos bancos europeus.

    Onde a Euribor é utilizada?

    Por ser uma taxa referencial, a Euribor é utilizada principalmente pelas linhas de crédito como referência. Logo, para calcular o valor das parcelas mensais a serem pagas ao banco, a taxa é levada em conta para referenciar a operação.

    Sendo assim, quando a taxa está elevada, os juros aumentam, e vice-versa. Se a taxa cai, os juros diminuem e as parcelas também .

    As taxas escolhidas como referência para empréstimos costumam ser calculadas para o período de 3 meses.

    Outro momento em que a taxa Euribor é utilizada é na rentabilidade das poupanças. Sendo um indicador de tendência para os juros das cadernetas.

    Portanto, os depósitos a prazo utilizarão como referência a European Interbank Offered Rate. No momento que a taxa está baixa, este será um empecilho para a poupança, pois os ganhos serão menores.

    Além disso, a Euribor também é empregada no mercado é como taxa básica para swaps, opções e futuros.

    Por fim, o mercado de crédito imobiliário é outro que também utiliza a Euribor por isso a taxa exerce grande influência nas famílias europeias na concessão de crédito. É importante considerar o spreed no momento da contratação. Por isso a importância da TAN, que somará a Euribor junto ao spread.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *