Acesso Rápido

    Enxerguei nos dividendos uma maneira segura de investir na bolsa de valores

    Enxerguei nos dividendos uma maneira segura de investir na bolsa de valores

    O texto abaixo foi escrito por um de nossos assinantes, que retratamos no Suno Call de sexta-feira (15).

    O texto conta a história dele que se tornou um investidor de longo prazo que já está colhendo resultados depois de poucos anos investindo buscando construir uma carteira previdenciária com foco em ativos geradores de renda passiva.

    Este relato representa uma leitura importante, sobretudo para os investidores que estão começando a sua jornada.

    Os primeiros passos são sempre os mais difíceis pois os resultados não vem imediatamente. Eu decidi compartilhar esta história, pois mostra que o caminho da carteira previdenciária com ativos de renda variável é possível a todos.

    E ainda que este investidor ainda não tenha alcançado todos os seus objetivos, ele está claramente no caminho certo.

    Sua história é motivadora e instrutiva, pois milhões de brasileiros se encontram na mesma fase ou no processo de se tornarem investidores. Segue seu relato:

     

    Olá meu nome é Rubens Inácio do Carmo, tenho 40 anos e trabalho como motorista de transporte escolar e também sou Investidor na Bolsa de Valores.

    Me formei no ensino médio e fiz um curso técnico de Administração. Fui criado num municipio do interior de São Paulo, morei no sítio até os meus 20 anos, quando vim morar na cidade comecei trabalhar com transporte escolar.

    Tudo começou no final de 2012, quando iniciei uma busca por investimentos pois naquela época havia vendido uma Van e queria diversificar minha renda.

    Procurando na internet comecei me interessar por saber aonde os grandes investidores acumulavam suas fortunas e então descobri a ‘Bolsa de Valores”.

    Pra mim foi rápido, em poucos dias estava comprando minha primeira ação do banco Itaú Unibanco, por ser correntista do Banco e gostar muito do Banco desde de criança.

    Sem mesmo saber o que era realmente uma ação, comecei comprando outros papéis de empresas que eu não fazia menor ideia de suas análises.

    E não sei se por sorte ou azar comecei ganhando. Comprava quando a ação já tinha caído muito, e estipulava uma rentabilidade e vendia quando atingida. Isso durava em torno de 2 a 9 dias.

    Ganhando e perdendo, no final meu capital seguia reduzindo. Então comecei a estudar análise gráfica e passei a operar índice e dólar, por permitir uma maior alavancagem. Foi aí que minhas perdas se aceleraram.

    E agora vou contar o que até então era segredo. Perdi algo em torno de 55 mil reais. Entrei em depressão, sem poder falar com ninguém.

    Nesse período de tempo fiquei sabendo que as empresas distribuíam parte dos lucros aos seus acionistas caso eu comprasse e guardasse a ação.

    Então, no começo de 2014 tomei a decisão de que no longo prazo iria receber o valor perdido só em Dividendos. Voltei a estudar, e agora análise fundamentalista.

    Achei vídeos do Sr Luiz Barsi Filho, Lírio Parisotto e Warren Buffett, onde falavam de disciplina e paciência com consistência.

    Mas me encantei mesmo com o Sr Luiz Barsi, pois os outros investiam capital de terceiros e alavancavam seus resultados, fugindo das minhas expectativas. Porém o Sr Luiz Barsi sempre investiu seu próprio capital como pessoa física, o que fez com que eu me identificasse melhor com ele.

    No começo não é fácil, na verdade, é muito desanimador, ainda mais para uma pessoa que havia perdido mais de 55k.

    Quando começou a cair os primeiros centavos de dividendos, pensei comigo: vou precisar de umas duas décadas para recuperar o meu dinheiro com os dividendos.

    Foi assim que cheguei a uma conclusão: se eu realmente estivesse disposto a permanecer com a estratégia por duas décadas, poderia sim ter meu capital de volta e mais, alcançar um patamar muito maior.

    Os primeiros anos foram complicados, tanto quanto minhas perdas no trade. Minha carteira teve rentabilidade negativa por três anos seguidos: (2014 rent.  – 7,83%), (2015 rent. – 12,96%), (2016  rent. – 2,76%). Pensei: estou quebrando novamente.

    Enfim, em 2017 conheci meu primeiro ano positivo (2017 rent.+ 11,56%); Aleluia !!!

    Mas ocorreu um fato curioso, mesmo nos anos em que a performance ficou negativa, obtive um rendimento sobre meu capital investido de +13%. (Dividendos e JCP recebidos).

    Busquei cada vez mais informações e conteúdo sobre o Sr Luiz Barsi, quando fui premiado em encontrar a Página no Facebook da Suno Research, a qual me forneceu todas as cartas e entrevistas do Sr Luiz Barsi.  E muito ainda estava por vir! Logo surgiu a Carteira de Dividendos com análises aprofundadas e relatórios semanais. Seguindo as premissas do mentor Luiz Barsi Filho.

    Ajustei alguns ativos da minha carteira, e estou firme.  A cada mês mais confiante no meu propósito. Neste ano de 2018 espero receber um terço do valor perdido, que com certeza serão reinvestidos. Hoje meu pensamento é totalmente voltado para a quantia em dividendos recebidos anualmente. E fico feliz com cada queda da Bolsa, pois abre uma janela de oportunidades.

    Pois o que eu quero é cada vez mais um número maior de ações de empresas sólidas e promissoras, e para isso posso contar com a Suno Research.

    Aqui encerro esse relato, espero que seja útil para quem estiver começando e estiver passando por momentos difíceis.

    Não desista jamais, e sim guarde o máximo de aprendizado que puder, pois lá na frente lhe servirá, para ver o quanto foi forte e persistente.

    SENDO PERSISTENTE NA SUA DISCIPLINA, VOCÊ SE TORNARÁ UMA PESSOA PACIENTE.

    É tudo o que nos ensina o Sr Luiz Barsi Filho, que desde já deixo meu voto de gratidão, assim como para o Tiago Guitián dos Reis e todos que fazem parte da Suno Research.

    Que o sucesso esteja conosco.

     

    Rubens Inácio do Carmo, 16/06/2018.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *