economia fechada
Por: Tiago Reis

Economia fechada: veja quando um país não está no comércio global

O grau de abertura da economia de um país influencia diretamente em seu mercado financeiro. No caso de uma economia fechada e restrita, menor é a circulação de capital dentro daquele território.

Hoje em dia, nenhum país consegue ter a economia fechada totalmente para outras nações.

O que é uma economia fechada?

A economia fechada é quando um país possui pouca ou nenhuma interação econômica com outros. Isto é, não exporta ou importa bens e serviços de outras nações. Isto é, consegue ser totalmente autossuficiente em termos de produção.

Também conhecida como uma economia isolacionista, hoje, é impossível um país ser enquadrado como totalmente como tal. Isso porque há, com a globalização, uma tendência de integração das cadeias produtivas pelo mundo.

Além disso, uma nação possui dificuldade de suprir tudo que necessita. Por exemplo, é necessário a importação de matérias-primas para indústria, como o petróleo. E não são todos os países que têm jazidas desse tipo de commodity.

Outro ponto é que o sistema capitalista prevê, ao contrário de economias planificadas, que empresas tenham liberdade em decidir o quanto produzirão.

Isso faz com que haja excedentes, quando há oferta de mais bens e serviços que necessitam as pessoas de um país, por exemplo.

Atualmente, os conceitos de economia fechada e aberta é usado para medir o quanto um país importa e exporta. Para isso, é feito uma proporção entre o Produto Interno Bruto e o valor das importações e exportações.

Quer entender como a economia influencia nos investimentos? Baixe gratuitamente o nosso e-book de Economia para Investidores

10 livros que todo investidor deveria ler

Vantagens e desvantagens da economia fechada

O fechamento de uma economia pode ser vantajoso em alguns aspectos. Como na crise do subprime, por exemplo. No regime econômico fechado, um país que importa menos tende a ser não sofrer um grande impacto com a flutuação cambial.

Um país com economia fechada corre menos riscos de depender da disponibilidade de itens importados para seu funcionamento. Além disso, há uma maior proteção da produção nacional. Mas há uma série de vantagens de uma economia aberta como:

  • Redução de custos com a importação de bens e de matérias-primas escassas
  • Aumento da competitividade interna
  • Maior acesso a crédito junto a fontes internacionais
  • Maior opção de serviços bancários

Diferença entre economia aberta e fechada

Há 200 ou 300 anos, um país ter uma economia fechada era mais fácil. Hoje, o comércio é muito mais internacionalizado.

A maior diferença entre os dois cenários está na evolução de políticas e regras do comércio internacional e no mercado financeiro. A interação e negociação com outros países é o pilar do comércio internacional.

Mesmo países politicamente fechados como Cuba, Venezuela e Coreia do Norte não possuem a economia fechada. Estes países continuam negociando com outras nações e fazem operações de importação e exportação.

Muitos países fecham a economia para determinados países ou para setores. Por exemplo, para proteger a indústria um país pode criar taxas, tributos e impostos. Além disso, pode estabelecer subsídios para empresa nacionais.

E-book Comece a Investir na Bolsa

O Brasil é considerado uma economia fechada?

A economia brasileira é, ainda, considerada o maior exemplo de economia fechada. O Banco Mundial fez um estudo em 110 países e o Brasil liderou o ranking nesse quesito.

Desde 2005, o país é o que menos importa bens, serviços e matéria-prima em comparação com seu Produto Interno Bruto. De acordo com os dados, essa proporção é de 14%.

Países mais desenvolvidos como o Japão e os Estados Unidos já tiveram taxas semelhantes. Em 2012, a proporção era de 16% e 18%, respectivamente.

Esperamos que o artigo sobre economia fechada tenha tirado as suas dúvidas. Deixe sua opinião ou questões sobre o artigo nos comentários abaixo.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • ROSILDA APARECIDA ANTUNES 5 de novembro de 2019

    Boa noite.
    Gostaria de saber o autor desse texto para poder referencia-lo em meu texto

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
accounting (1)

Minicurso Gratuito

Contabilidade Para investidores

Aprenda os principais conceitos sobre contabilidade que todo investidor precisa saber!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!