dólar turismo
Por: Tiago Reis

Dólar Turismo: entenda como funciona esse tipo de câmbio

O dólar é a moeda mais usada para transações internacionais. Por isso, a negociação dessa moeda possui várias categorias e taxas de câmbio diferentes — com cada uma servindo a um propósito específico. Uma das principais, por exemplo, é o conhecido dólar turismo.

Porém, muito se confunde o dólar turismo com o dólar comercial — já que a taxa de câmbio divulgada diariamente nos veículos de comunicação não refletem a realidade das taxas cobradas nas casas de câmbio.

O que é o dólar turismo?

O dólar turismo é a modalidade do dólar voltada para quem vai viajar e compra a moeda em casas de câmbio. Além disso, o dólar turismo é usada para compras em cartões de crédito e demais transações comuns entre pessoas que utilizem a moeda.

Logo, quando alguém usa a cotação do dólar turismo, costuma pagar um pouco mais que no dólar comercial. Essa categoria possui um valor superior porque diferente do comercial, já que é utilizado a moeda em espécie.

Por que existem taxas de câmbio diferentes para o dólar?

No Brasil, a moeda estadunidense é dividida em três categorias de cotação:

  • Dólar Turismo;
  • Dólar Comercial;
  • Dólar Paralelo.

Ou seja, o dólar turismo é apenas das categorias da moeda. Só que cada categoria é usada para uma finalidade diferente. Por exemplo, o Banco Central trabalha com o dólar comercial. Enquanto as casas de câmbio utilizar o dólar turismo nas suas operações.

As oscilações da moeda afetam a economia brasileira e alteram o poder de compra dos brasileiros. Isso porque a moeda está diretamente ligada com a inflação. Dessa forma as oscilações da moeda não vão afetar só quem vai viajar e precisa do dólar turismo.

Como funciona a negociação do dólar turismo?

Diferente do dólar comercial, no valor do dólar turismo estão inseridos alguns custos que deixam a cotação mais alta. As casas de câmbio que fazem operações com a moeda inserem alguns custo que têm para manter a moeda disponível.

Isso porque quando as transações são feitas com o dólar comercial são apenas ordens de pagamento interbancárias. Isso é, não precisam da moeda em espécie.

As casas de câmbio precisam ter uma grande quantidade de moedas em espécie para câmbio do dólar. Ou seja, precisam de um espaço para armazenar a moeda, segurança, transporte para fazer logística da moeda.

Porém, o que mais encarece toda essa atividade é risco. Por isso, as casas de câmbio têm grandes despesas com segurança, apólices de seguro e custódia de papel-moeda.

Logo, a taxa do dólar turismo serve para cobrir estes custos, para ter a moeda disponível. Ou seja, acabam encarecendo a moeda.]

Dólar comercial e dólar paralelo

Além do dólar turismo, ainda existem o dólar comercial e dólar paralelo. Todas as transações que envolvem comércio exterior, movimentações feitas pelo governo federal ou recursos para exportação e importação utilizam o dólar comercial.

Outra categoria da moeda é o dólar paralelo, vendido sem a autorização do Banco Central. Normalmente, ele é utilizado de forma ilegal, comumente em atividades de lavagem de dinheiro ou sonegação de impostos.

Entretanto, essa categoria surgiu nos anos 90, como uma forma de proteção buscada das medidas feitas pelo governo. Na época, o país passava por seguidas instabilidades econômicas — o que forçava as pessoas e empresas a se protegerem comprando uma moeda forte.

O que determina a cotação do dólar turismo?

Diversos fatores influenciam na cotação do dólar turismo. Por exemplo, as taxas de juros, a lei de oferta e procura, e até mesmo os gastos dos turistas em outros países.

Além disso, há fatores subjetivos que podem influenciar no valor do dólar — como as impressões de investidores estrangeiros, por exemplo.

Cada casa de câmbio possui gastos diferentes o que muda o preço da moeda. O dólar turismo hoje pode ter um preço muito diferentes em várias cidades de um mesmo estado.

No histórico do dólar turismo, a moeda já foi cotada por 1 real, em outubro de 1994. Era início do Plano Real e houve uma super queda da inflação.

O dólar turismo é apenas uma modalidade de uso da moeda, principalmente em compras internacionais e viagens. Porém, se o seu objetivo é entender como se investir em dólar, baixe gratuitamente o nosso e-book “Investindo no Exterior” e aprenda tudo mais sobre os melhores investimentos no mercado estrangeiro.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

202 artigos
Ações

FIIs

52 artigos
FIIs

eBook Gratuito

INvestindo
No
Exterior

Descubra como você também pode investir nas maiores empresas do mundo.