Acesso Rápido

    Dividendo por ação: uma métrica relevante para o acionista

    Dividendo por ação: uma métrica relevante para o acionista

    O dividendo por ação (DPA) nada mais se trata como soma dos dividendos declarados por uma empresa por cada ação ordinária em circulação.

    Para calcularmos esse indicador basta dividirmos os dividendos de uma empresa em determinado período pelo número de ações emitidas por essa companhia na bolsa de valores. Desse modo, o dividendo por ação pode ser calculado através da formula abaixo:

    DPA = D / A

    Sendo que,

    D = soma de dividendos ao longo de um período.

    A= Ações em circulação para o período.

    Entendendo mais sobre o dividendo por ação

    Calcular o DPA é uma tarefa muito importante, pois ela revela o que em nossa opinião é o objetivo numero um de uma empresa no longo prazo: o pagamento de dividendos aos acionistas.

    Os dividendos pagos por uma empresa listada em bolsa geralmente se constituem num dos principais ganhos que um acionista pode ter com o carregamento de sua posição num prazo prolongado de tempo.

    Uma aplicação prática muito comum dessa métrica é o uso do dividend yield. Para calcularmos esse importante indicador, o investidor terá que ter em mãos o valor do dividendo pago por ação nos últimos 12 meses e dividirmos pelo valor da ultima cotação da ação verificada.

    O resultado nos dará, em porcentagem, o rendimento gerado por uma determinada empresa em função do preço pago pelo acionista para investir nessa companhia.

    Em tese, quanto maior for esse indicador, melhor é a remuneração dos acionistas. Porém, em muitos casos ocorre que a empresa pode pagar dividendos não recorrentes, fazendo com que essa métrica tenha pouca utilidade prática. Então, é por esse motivo que sempre uma análise mais acurada se faz necessária quando estamos analisando os dividendos de uma empresa.

    Empresas que estão sempre aumentando o DPA

    Existe um grupo seleto de empresas que conseguem pagar dividendos constantes e crescentes sobre uma base prolongada de tempo. Esses tipos de empresas, obviamente, são bastante raras no mercado. Nesse caso, cabe a um bom investidor ou analista fazer a sua pesquisa e descobrir quais são essas excelentes companhias dentro do mercado.

    A seguir, listemos dois exemplos de ótimas empresas que pagaram dividendos consistentes e crescentes nos últimos anos.

    Grendene: A Grendene é uma das maiores fabricantes mundiais de calçados e é detentora de marcas muito valiosas dentro do território nacional. Essa empresa possui um histórico de resultados muito consistente, o que garantiu aos seus acionistas uma dinâmica de pagamento de dividendos sempre crescentes. Essa empresa é há anos, líder nas exportações de calçados brasileiros, dos quais são mandados para os mais variados países do globo.

    No ano de 2017, a Grendene pagou cerca de R$ 1,25 de DPA.

    Ultrapar: A Ultrapar é uma empresa multinegócios com quase 80 anos de história. Atualmente ela controla 5 negócios dos quais todos são de grande relevância dentro do seus respectivos mercados de atuação. Essa empresa tem uma trajetória de crescimento sempre continua, fruto de uma gestão muito qualificada e preparada para a entrega de bons resultados.

    No ano de 2017, a Ultrapar entregou cerca de R$ 1,72 de dividendos por ação.

     

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Rafaella 14 de outubro de 2019

      ola, gostaria se saber em qual plataforma, site, encontrar dividendo por acao , pois encontro o dividemd yield , e outros fundamentos, menos o valor do dividendo distribuido anualmento por acao.
      obrogada, no aguardo Rafaella

      Responder
      • Leonardo 28 de junho de 2020

        Suno Analitica

        Responder