ConhecimentoFundosInvestimentos

Destaques do nosso Congresso de Fundos Imobiliários

By 10 de maio de 2017 No Comments

Na semana passada realizamos o primeiro Congresso de Fundos Imobiliários da Suno Research, com aproximadamente 100 pessoas, além de convidados e palestrantes com alto conhecimento no segmento.

Em respeito aos parceiros que compareceram e aos nossos assinantes que receberam o resumo do congresso com os pontos mais marcantes, o artigo de hoje é apenas uma breve compilação dos principais pontos que foram abordados no encontro realizado no dia 04 de maio, em São Paulo.

Entre os palestrantes do evento estiveram Arthur Vieira de Moraes, que tem um programa na Infomoney e é Professor de Fundos Imobiliários, Sergio Belleza, quem estruturou o primeiro Fundo Imobiliário no Brasil e com larga experiência no segmento, Luiz Mauricio Garcia, analista Sênior do Bradesco BBI, Bruno Laskowsky da Hedging Griffo, além de convidados como Rafael Selegatto, ex-gestor do Banco Fator que fazia a gestão de Fundos Imobiliários, e Ana Menezes, da Gestão de Fundos da Votorantim, dentre outros.

Abaixo algumas imagens do evento:

Desde já gostaríamos de convidar todos os que não puderam estar presentes a participar do próximo evento que realizaremos no ano que vem. Esperamos que sejam cada vez melhores.
Seguem abaixo os principais pontos abordados no Congresso:

Palestra Prof. Arthur Vieira de Moraes (Infomoney)

O Professor Arthur levantou as vantagens e desvantagens de se investir neste ativo além de alguns dados importantes.

Dentre as principais vantagens estão o payout elevado, rendimentos mensais (na maioria dos fundos) e baixo risco de falência. Dentre as principais desvantagens está a tributação sobre ganho de capital na venda das cotas.

De acordo com Arthur, o ciclo de queda do mercado imobiliário está se encerrando, e estamos prestes a entrar em recuperação no mercado corporativo.

Portanto, quem resolver investir em Fundos Imobiliários em 2017, muito provavelmente estará comprando em um momento inicial de recuperação da economia.

Palestra Luiz Mauricio Garcia (Bradesco BBI)

Luiz Mauricio Garcia, do Bradesco BBI também trouxe pontos como vantagens de se investir em FIIs, expectativas e dados sobre vacância, além de dar a visão do Banco sobre alguns fundos específicos e seus top picks.

Garcia também ressaltou em sua palestra o alto Payout dos Fundos Imobiliários, que proporcionam dividendos bastante atrativos, além de diluição de risco e baixos custos transacionais.

Já nos aspectos negativos, ressaltou que há algum risco de tributação dos FIIs, além do desalinhamento de interesse entre gestor e cotistas.

Sobre vacância nos mercados de office do RJ e SP, o Bradesco BBI destaca que percebe uma estabilização da vacância paulista, enquanto no Rio de Janeiro ainda há uma tendência clara de aumento.

Palestra Sérgio D. O. Belleza Filho

A palestra do Sr. Belleza foi bastante rica ao ilustrar a história dos fundos Imobiliários no Brasil.

Contou o início de sua trajetória no mercado de capitais na década de 70, coincidentemente junto com o Sr. Luiz Barsi.

Depois como corretor de imóveis ouviu falar pela primeira vez em fundos imobiliários, em meados da década de 90.

Esteve presente no desenvolvimento das leis e instruções regulatórias que hoje regem as normas nesse mercado:

  • Lei 8.668 de 25/06/93
  • Instrução CVM nº 205 de 14/01/94
  • Lei 9.779 de 16/01/99
  • Lei 11.196 de 21/12/2005 (art. 125)
  • Instrução CVM nº 472 de 31/10/08
  • Instrução CVM nº 516 de 30/12/11
  • Instrução CVM nº 571 de 25/11/15

Belleza também explicou e dissertou sobre o aumento exponencial do número de cotistas no período entre 2011 e 2014 que ocorreu devido à venda do fundo BB Progressivo II (BBPO11) feita pelo Banco do Brasil para o mercado, o que também fortaleceu e aumentou a base de investidores e levou muitos investidores a conhecerem o produto.

Mesmo em meio à crise atual que enfrentamos, o mercado continua em crescimento e a tendência é que com uma recuperação da economia e um maior otimismo quanto ao cenário interno e o mercado imobiliário, o mercado de FIIs cresça cada vez mais.

Antes de finalizar, Belleza expôs também a distribuição dos setores dos Fundos Imobiliários hoje no Brasil:

Podemos perceber a grande concentração de Fundos do setor Corporativo, mas percebemos também participações relevantes dos segmentos de Recebíveis e Shopping/Varejo.

Atualmente o maior Fundo Imobiliário listado em bolsa é um Fundo de Recebíveis, e o segmento de FIIs que mais cresce em termos de Patrimônio Líquido é igualmente o de Recebíveis.

A tendência é que o setor de logística passe a verificar um relevante crescimento no médio e longo prazo, devido a ascensão do e-commerce e necessidade cada vez maior das empresas por estes tipos de espaços.

Encerramento do Congresso.

Entendemos que o evento foi muito produtivo e esclarecedor.

É missão da Suno Research contribuir para a fomentação do mercado de capitais brasileiro como um todo, e esse foi apenas o primeiro de muitos eventos que ainda virão a acontecer.


Torne-se nosso assinante e fique por dentro dos principais acontecimentos do mercado.

Compartilhe a sua opinião

Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.