Acesso Rápido

    Despesas de capital: entenda finalmente o significado desse conceito

    Despesas de capital: entenda finalmente o significado desse conceito

    As despesas de capital, ou no inglês conhecidas como capital expenditure (CAPEX), são itens importantíssimos de serem acompanhados dentro de um demonstrativo de fluxo de caixa.

    O acompanhamento das despesas de capital é uma tarefa fundamental para todo gerente de empresa que deseja ser eficiente na sua alocação de recursos.

    O que são despesas de capital?

    Despesas de capital são aquelas referentes à aquisição e manutenção de máquinas, equipamentos, realização de obras, aquisição de participações acionárias, compra de imóveis e concessão de empréstimos.

    Esses tipos investimentos, também conhecidos como CAPEX, são frequentemente utilizados no momento em que uma empresa deseja atualizar ou aumentar o seu escopo de atuação.

    Dentre os investimentos de capital podemos ter os seguintes exemplos:

    • Compra de máquinas elétricas para uma fábrica;
    • Conserto do telhado de um prédio;
    • Aquisição de veículos;
    • Construção de uma nova fábrica.

    Entendendo mais sobre as despesas de capital

    despesas de capital
    Entendendo mais sobre as despesas de capital

    Dentro do balanço de uma companhia, o CAPEX pode ser encontrado no fluxo de caixa, no segmento de fluxo de caixa de investimentos.

    Nesses demonstrativos, o CAPEX também poderá ser denominado como despesas com imobilizado.

    O montante de capital desembolsado por uma empresa nesse quesito depende muito do setor em que ela atua. Algumas industriais, em especial aquelas intensivas em capital, lançam mão de muitos equipamentos industriais e acabam necessitando de um maior gasto com capital imobilizado.

    Geralmente, empresas lotadas no segmento de mineração, petróleo, telecomunicações, montadoras de veículos e serviços públicos, são bastante intensivas em capital.

    Esse tipo de situação acaba gerando um risco adicional nesses tipos de empresas, pois o investimento deverá apresentar-se rentável para os negócios da companhia ao longo de toda a sua vida útil.

    Desse modo, na visão de um investidor, é preferível possuir um negócio pouco intensivo em capital, pois maior parte dos recursos gerados pela empresa poderão ser direcionados para os sócios dessa companhia, e não para mais investimentos em capital físico.

    Diferença entre as despesas de capital e as despesas operacionais

    despesas de capital
    Diferença entre as despesas de capital e as despesas operacionais

    É muito comum vermos certa confusão com relação ao entendimento do conceito de despesas operacionais em relação às de capital imobilizado.

    Diferentemente do CAPEX, as despesas operacionais, ou OPEX como também são conhecidas, são pagamentos relativos à atividade de gestão empresarial e venda de produtos e serviços.

    Por exemplo, digamos que uma empresa decida não comprar um computador, pois agora deseja contratar um serviço de uma empresa terceirizada que possua computadores, dessa forma, o aluguel dos bens e a prestação desses serviços deverão ser tratados como despesas operacionais.

    Desse modo, essa empresa se verá livre de ter que realizar um investimento em um capital imobilizado e poderá, dessa forma, direcionar esses recursos para outros investimentos possivelmente mais importantes.

    Importante também mencionar que as despesas operacionais são dedutíveis de imposto de renda no mesmo ano de realização.

    Portanto, apesar de ser uma saída viável para uma compra de ativos imobilizados, o OPEX deve passar por um processo de gerenciamento criterioso, pois afinal de contas, ele representa uma saída de recursos para a empresa.

    Por fim, podemos concluir que o correto entendimento do conceito de despesas de capital e a sua diferenciação de outros tipos de despesas é fundamental para a formação completa de um gestor ou investidor.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Ricardo+Felipe 29 de setembro de 2020

      Brilhante explanação!

      Responder