Acesso Rápido

    Desigualdade social: Veja 3 causas e descubra como ela é medida

    Desigualdade social: Veja 3 causas e descubra como ela é medida

    A desigualdade social é um dos temas mais debatidos entre os economistas atualmente.

    Alguns apontam, inclusive, que a desigualdade social poderia ser um impeditivo do crescimento econômico.

    Desigualdade social é o nome que se dá para as disparidades entre diferentes indivíduos em uma sociedade. Tipicamente, o termo é empregado se tratando do aspecto econômico. No entanto, ele também pode representar outras desigualdades como, por exemplo, a desigualdade de gênero. A desigualdade social é medida pelo coeficiente de Gini.

    Este coeficiente varia entre 0 e 100. Sendo que, quanto mais próximo de 0, menos desigual é o país. Por outro lado, quanto mais próximo de 100 mais desigual é o país.

    Alguns dos países mais desenvolvidos do mundo apresentam um baixo índice de desigualdade. Entre eles é possível citar:

    • Noruega
    • Japão
    • Dinamarca
    • Suécia

    Isto se dá, principalmente, pois o coeficiente de Gini desempenha um papel na classificação do IDH, que é o principal medidor do desenvolvimento humano de países. Além disso, alguns economistas apontam que uma baixa desigualdade contribui para o desenvolvimento da economia.

    É importante ressaltar, porém, que uma baixa desigualdade não é sinônimo de desenvolvimento econômico.

    Existem países que possuem uma baixa desigualdade mas não são considerados desenvolvidos. Ao mesmo tempo em que existem países com uma alta desigualdade mas que são considerados desenvolvidos.

    O maior exemplo disto se dá com os países Etiópia e Estados Unidos da América.

    A Etiópia possui uma desigualdade muito menor do que os EUA, no entanto, é um país bem menos desenvolvido.

    Por que isto ocorre?

    Isto ocorre pois na Etiópia não há muita desigualdade de renda mas, na média, as pessoas possuem uma renda baixíssima.

    Enquanto nos EUA, embora a disparidade de renda seja grande, na média, as pessoas possuem uma renda elevada.

    Portanto, embora existam muitos países desenvolvidos com uma baixa desigualdade social, esta não se traduz necessariamente em desenvolvimento econômico.

    Alguns países, ainda, apresentam um baixo índice de desenvolvimento e uma alta desigualdade, como o Brasil.

    Causas de desigualdade social

    causas da desigualdade social

    Existem diversas causas apontadas por especialistas como causas da desigualdade social.

    Entre elas, cabe destacar:

    Falta de acesso ao ensino básico

    O acesso ao ensino básico promove condições para que todos prosperem na economia.

    Os países que obtiveram sucesso em reduzir a sua desigualdade social tiverem como ponto em comum prover educação de qualidade para a maioria da população.

    Seja ela de gestão pública ou privada, a maioria dos especialistas concordam que prover educação é uma das formas de reduzir a desigualdade.

    E que a falta de educação universal é uma das grandes causas da desigualdade social.

    Má gestão dos gastos governamentais

    Esta é uma das principais causas desigualdade social no Brasil.

    O Estado acaba por estar presente em uma grande parcela da economia de forma não efetiva. Gasta-se muito, e de uma forma que não há um retorno visível para a sociedade.

    Corrupção

    Esta é, também, uma das causas da desigualdade social no Brasil.

    O dinheiro arrecado pela sociedade, que deveria apresentar um retorno para a população, acaba por ser desviado dos seus devidos fins.

    Além do Brasil, é apontada como uma das maiores causas da desigualdade social nos países subdesenvolvidos.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *