Demonstração do Resultado Abrangente
Por: Tiago Reis

DRA: entenda o que é a Demonstração do Resultado Abrangente

Nem sempre é fácil entender qual é o real lucro de um empreendimento. Nesse sentido, uma das ferramentas a disposição do analista para encontrar esse valor é a Demonstração do Resultado Abrangente.

A Demonstração do Resultado Abrangente integra as demonstrações contábeis de uma empresa, com seus dados afetando o balanço patrimonial.

O que é a Demonstração do Resultado Abrangente (DRA)?

A Demonstração do Resultado Abrangente, também conhecida como DRA, tem como objetivo atualizar o que é patrimônio da empresa e o capital dos sócios, para que os investidores consigam fazer esta diferenciação ao analisar os dados do empreendimento.

Em 2009, esta prática foi regulamentada no Brasil e hoje a Demonstração do Resultado Abrangente é obrig

Isto ocorreu com a publicação do Pronunciamento Técnico nº 26o pelo Comitê de Pronunciamento Contábil – CPC.

Minicurso: Contabilidade para Investidores

Inscreva-se no nosso minicurso gratuito e aprenda os principais conceitos de contabilidade para quem quer investir em empresas na Bolsa de Valores!

Assim, a DRA faz parte das Normas Internacionais de Contabilidade e é destinada aos usuários externos destes dados.

Ou seja, é feita para que os acionistas e investidores possam conhecer melhor a situação da empresa.

Como é feita a Demonstração do Resultado Abrangente?

A DRA é utilizada para a evidenciação das receitas, despesas e outras mutações que afetam o patrimônio líquido da empresa.

No entanto, o objetivo da demonstração de resultados é abordar os pontos que não são reconhecidos na Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

Isso porque a DRA é, em resumo, a soma do resultado líquido constante na DRE com os outros resultados abrangentes.

Porém, os eventos abordados na DRA não derivam de transações com os sócios.

Ou seja, o aumento ou devolução de capital, bem como a distribuição de lucro, ficam de fora desta declaração.

Lembrando que no Brasil a apresentação do resultado abrangente é feita separadamente à DRE. Daí a necessidade de entrega da DRA.

Porém, há a possibilidade de que a Demonstração do Resultado Abrangente seja apenas parte da Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL).

O que precisa constar na DRA?

Por serem voltadas a um público externo e não necessariamente com grandes conhecimentos em Contabilidade, estas informações precisam ser claras.

Isso para que o investidor consiga analisar a DRA.

Ainda é necessário que os dados sejam: relevantes, comprovados, neutros e tempestivos.

Por isso, toda DRA precisa conter os seguintes tópicos:

O resultado abrangente total inclui:

  • Ajuste de avaliação patrimonial;
  • Variações da reserva de reavaliação;
  • Ganhos e perdas atuariais em planos de pensão; e
  • Ganhos e perdas derivados da conversão de demonstrações de operações no exterior.

Em caso de reclassificação de itens presentes em outros resultados abrangentes, a empresa ainda precisará divulgar as mudanças em notas explicativas.

Valuation e precificação de ativos

Como utilizar a Demonstração do Resultado Abrangente?

O ideal para os investidores é comparar a evolução das DRAs para verificar tendências na sua posição patrimonial, financeira e no seu desempenho.

Isso a partir do resultado abrangente da empresa.

Assim será mais fácil descobrir se vale a pena ou não aplicar mais recursos ali, por meio de uma análise gerencial.

Para ajudar na compreensão destas informações, a Suno Research oferece um minicurso sobre Contabilidade para investidores.

Isso porque é fundamental aos investidores a compreensão da Demonstração do Resultado Abrangente.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

2 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Maria Lizete da Silveira 2 de outubro de 2019

    Ganhos e perdas atuariais em benefícios definidos a empregados (não somente planos de pensão). CPC 33.

    Responder
  • Carlos Eduardo 11 de julho de 2020

    Obrigado

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

56 artigos
FIIs
accounting (1)

Minicurso Gratuito

Contabilidade Para investidores

Aprenda os principais conceitos sobre contabilidade que todo investidor precisa saber!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!