debêntures incentivadas

Você sabe do que se tratam as debêntures incentivadas?

As debêntures incentivadas são uma alternativa interessante para aqueles investidores de renda fixa que estiverem em busca de retornos maiores.

Esse tipo de debênture foi regulamentada pela lei 12.431 de 2011 com a finalidade de criar um investimento para captação de recursos para setores de infraestrutura, como:

  • Logística
  • Aviação civil
  • Transporte
  • Saneamento básica
  • Energias
  • Mineração
  • Telecomunicações

Ou seja, essas debêntures estão relacionadas a projetos de infraestrutura, e por esse motivo, também são chamadas de debêntures de infraestrutura.

Características dessas debêntures

características debênturesA principal vantagem desse tipo de debênture é a isenção de imposto de renda para o investidor pessoa física.

Além disso, a remuneração desses papéis é sempre em função de um indexador, que costuma ser o IPCA e com menos frequência, o CDI.

Ou seja, na prática, essas debêntures podem ser comparadas aos títulos do Tesouro IPCA+, que também protegem o investidor da inflação.

Além disso, existem outras características dessas emissões.

Por exemplo, o prazo de vencimento não pode ser menor do que 4 anos. E se a empresa pagar juros periódicos (cupons), então estes devem ter intervalo mínimo de 180 dias.

Ainda, a companhia não pode recomprar parcialmente os títulos nos dois primeiros anos após a emissão, e nem pode realizar o resgate total antecipado.

E também não existe um compromisso do comprador de revender seus títulos.

Uma outra característica que dá segurança ao investidor é que esses papéis devem ser registrados em um sistema de registro devidamente autorizado pela CVM.

Então, se você comprar essas debêntures pela sua corretora, esses títulos estarão registrados na Cetip, e você poderá consultá-los lá.

Riscos das debêntures de infraestrutura

riscos debêntures de infraestruturaAs debêntures é uma forma de emprestar dinheiro a uma empresa.

Logo, os mesmos riscos que se aplicam às debêntures em geral, também se aplicam especificamente às debêntures de infraestrutura.

Por isso, é importante que o debenturista avalie a capacidade financeira desta companhia em honrar com os pagamentos prometidos.

Ou seja, é fundamental avaliar as garantias da emissão, os covenants, a geração de caixa da empresa, o endividamento atual.

Devemos lembrar também que muitas empresas que atuam com infraestrutura necessitam de uma grande quantidade de recursos para investimentos.

Dessa forma, o balanço da companhia pode já estar muito carregado de dívidas, o que pode ser um ponto preocupante.

Onde encontrar as debênturesonde encontrar debêntures

Para encontrar as debêntures, você tem algumas opções.

A primeira delas é procurar no próprio site da sua corretora quais são os títulos oferecidos.

Mas se você quiser encontrar todas debêntures de infraestrutura já emitidas, você precisa consultar esse site aqui. No campo ” Tipo de emissão” você seleciona “Lei 12.431”.

De fato, este é um site muito completo, e você poderá encontrar várias informações a respeito das suas debêntures.

Além disso, é importante lembrar que nem todas as debêntures são de companhias listadas na bolsa de valores. Podem ser também de S/A de capital fechado.

Nesse último caso, talvez o investidor tenha dificuldade em encontrar as demonstrações financeiras.

Conclusão sobre as debêntures de infraestrutura

conclusão debêntures incentivadasAs debêntures incentivadas são uma opção viável para aqueles investidores que desejam uma rentabilidade acima dos títulos Tesouro IPCA+. Apesar disso, é importante averiguar as condições financeiras do emissor. Uma alavancagem excessiva ou negócios duvidosos podem colocar os debenturistas em riscos.

Compartilhe a sua opinião
Rodrigo Wainberg

Rodrigo Wainberg

Profissional aprovado no Level III da certificação CFA, investidor em ações há 6 anos, possui registro de Analista e Consultor de Valores Mobiliários, e é Bacharel em Física pela UFRGS.