DAX 30

Qualquer interessado em investir no exterior deve sempre acompanhar as bolsas de valores ao redor do mundo. Uma das principais é a Bolsa de Frankfurt, mais conhecida pelo seu principal índice — o DAX 30.

Devido a integração econômica dos países dentro da União Europeia, acompanhar o DAX-30 significa observar todo o mercado financeiro europeu — e não só o mercado alemão.

O que é o DAX-30?

O DAX 30 é um índice de ações que representa as 30 maiores empresas negociadas na bolsa de valores de Frankfurt, na Alemanha. A economia alemã é quarta maior economia do mundo, bem como a maior economia da União Europeia, superando com certa folga as demais.

Por isso, O DAX-30 este é um índice de relevância enorme no que diz respeito à economia mundial, e principalmente em relação à economia europeia.

Por ser composto das 30 maiores empresas negociadas na bolsa de valores de Frankfurt, o DAX-30 pode ser comparado, de certa forma ao índice Dow Jones (DJIA). Logo, pode-se dizer que o DAX 30 é o índice Dow Jones da Alemanha.

Quais empresas fazem parte do DAX 30?

Os critérios para adicionar empresas ao índice DAX-30 são o valor de mercado de empresa e a liquidez de suas ações. Logo, quanto maior forem esses dois dados maiores serão as chances de uma empresa adentrar neste importante índice.

DAX 30 perfomance

Perfomance do DAX 30 desde o seu início

Algumas componentes do índice são multinacionais muito conhecidas, tais como:

  • Adidas;
  • Volwkswagen;
  • Continental.

Outras empresas não são tão conhecidas no Brasil. Porém, são de grande importância na Alemanha e na Europa.

É o caso, por exemplo, do Deustche Bank, um dos maiores conglomerados financeiros do mundo. Bem como é o caso do seu grande concorrente, o CommerzBank. Ambas as empresas possuem suas sedes em Frankfurt, na mesma cidade da Bolsa de Valores.

Como funciona o DAX-30?

Diversos fatores afetam o valor do DAX 30. Por ser um índice de importância global, acontecimentos como a redução do crescimento da economia mundial podem afetar o valor do índice.

Outros fatores como taxa de juros global, abertura de postos de trabalho e expectativa dos investidores também podem ser determinantes.

No longo prazo, no entanto, o fator mais importante é o lucro das empresas. Isto é, se o lucro das empresas seguirem crescentes, o índice tende a valorizar.

Qual seria o equivalente brasileiro do DAX 30?

No Brasil não há um grande índice que possa ser equiparado ao DAX-30. Porém, o que mais se aproxima é o IBrX 50. Este é um índice composto pelas 50 maiores empresas listadas em bolsa de valores no Brasil.

Mas diferente do DAX e do DJIA, porém, o índice brasileiro é bastante concentrado em empresas do setor de commiditties e do setor financeiro. Por isso, o investimento em índices no Brasil não costuma ser muito aconselhado.

Ao invés disso, o investidor pode realizar o chamado stock picking. Essa estratégia consiste em selecionar ações de boas empresas e que estejam sendo negociadas a preços baratos na bolsa de valores.

Logo, com a realização de um bom stock picking é possível superar o rendimento de índices como o próprio DAX 30. Essas ações, quando bem selecionadas, tendem a superar a média de rendimento do mercado. Se você precisa de ajuda para escolher ações para a sua carteira de investimentos, você pode contar com a ajuda da Suno Research para isto. Clique no link e saiba mais sobre o assunto.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.